• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após votar pela Reforma Trabalhista, Foletto pode sofrer punição do PSB

  • COMPARTILHE
Política

Após votar pela Reforma Trabalhista, Foletto pode sofrer punição do PSB

A ação, que deve ser tomada pelo Conselho de Ética do partido, se dará por conta do voto do deputado, a favor da reforma e contrário a decisão nacional, que era contra a aprovação do texto

Paulo Foletto foi um dos cinco capixabas a votar a favor da Reforma Trabalhista. (Foto: Divulgação)

Um dos cinco parlamentares capixabas a votar a favor da Reforma Trabalhista, aprovada no início da madrugada desta quinta-feira (27), o deputado federal Paulo Foletto (PSB) pode sofrer sanções administrativas do seu próprio partido em breve.

A ação, que deverá ser tomada pelo Conselho de Ética do partido, se dará por conta do voto do deputado, a favor da reforma e contrário a decisão da executiva nacional, que era contra a aprovação do texto.

De acordo com o estatudo do partido, os filiados que descumprirem decisões partidárias podem sofrer punições, desde advertência escrita até a expulsão do partido. 

Além de Foletto, outros 13 socialistas foram contra a decisão partidária. O capixaba, no entanto, não teme uma punição tão severa da sigla. "Não conversei com o presidente nacional ainda, mas como não fui eu sozinho, foi metade da nossa bancada, acredito que não tenhamos uma punição grave", reiterou Foletto, que também não tem medo de uma expulsão do partido.

"Eu gosto muito do partido, nunca neguei, estou nele há 26 anos, mas posso mudar, principalmente quando a direção nacional toma uma atitude arcaica dessa é complicado", finalizou.