• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Doria, sobre Tasso e FHC: todos bons nomes, mas prioridade é a governabilidade

  • COMPARTILHE
Política

Doria, sobre Tasso e FHC: todos bons nomes, mas prioridade é a governabilidade

São Paulo - O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), classificou nesta quarta-feira, 24, o senador e atual presidente da legenda tucana, Tasso Jereissati (CE), e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso como "bons nomes" para suceder o presidente Michel Temer (PMDB) em uma eventual saída do peemedebista do poder.

Após as delações de empresários da JBS atingirem o Planalto, discussões sobre nomes para suceder Temer, se o presidente sair do poder por impedimento, renúncia ou cassação, aumentaram. Doria, que tem nome cogitado para concorrer à Presidência em 2018, afirmou nesta quarta-feira que o País precisa garantir a estabilidade e a continuidade das reformas no Congresso Nacional e, assim, discutir os nomes para uma eventual sucessão.

"Todos bons nomes", disse o tucano quando questionado sobre a possibilidade do PSDB lançar Tasso Jereissati ou FHC numa eleição de transição. "Mas a prioridade é garantir a governabilidade do Brasil, a estabilidade e a defesa das reformas no Congresso Nacional. É hora de proteger o Brasil", destacou.

As declarações do prefeito foram dadas a jornalistas após duas coletivas de imprensa na sede da Prefeitura, onde Doria falou sobre as ações na Cracolândia e o programa de arte urbana com grafite.

O tucano ressaltou que, mesmo não sendo agora a hora para discutir sucessores, o debate pode ser feito se a "proteção ao Brasil" estiver garantida. Ele ainda mencionou que a articulação pode ser feita "com mais nomes representativos", sem citar ninguém. "Se a proteção ao Brasil, com mais nomes representativos, ajudar e contribuir, o debate pode ser válido. Mas, jamais precipitar as iniciativas que possam desestabilizar a governabilidade e prejudicar as reformas", disse.