• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após polêmica, deputados capixabas aprovam projeto Escola Viva e estudantes protestam

  • COMPARTILHE
Política

Após polêmica, deputados capixabas aprovam projeto Escola Viva e estudantes protestam

Após a aprovação do projeto, Majeski discursou em plenário e chamou os colegas da Casa de submissos. O projeto Escola Viva deve ser implantado no segundo semestre desse ano

O projeto recebeu apenas 3 votos contrários Foto: Divulgação/Assembleia

O programa "Escola Viva", do Governo do Estado, que pretende aumentar para tempo integral o período das aulas de alunos da rede pública estadual, foi votado e aprovado no plenário da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales), na manhã desta quarta-feira (10), em sessão extraordinária. Com 23 votos a favor e três contrários, ficou decidido que o programa poderá ser implantado ainda neste ano, nas escolas estaduais, conforme planejado pelo governo. Ainda nesta tarde, acontece uma sessão para votar a redação final da matéria, já que a proposição recebeu emendas.

Conta o projeto, votaram os deputados Amaro Neto (PPS), Bruno Lamas (PSB) e Sérgio Majeski (PSDB), que emitiu parecer pela rejeição do projeto na Comissão de Ciência e Tecnologia. A votação desta manhã foi conduzida pela deputada Luzia Toledo (PMDB), presidente da Comissão de Educação, que se absteve da votação.

Após a aprovação do projeto, Majeski discursou em plenário e chamou os colegas da Casa de submissos. O projeto Escola Viva deve ser implantado no segundo semestre deste ano. O governo prevê um gasto inicial de R$ 3.160.937,00.

Desde a manhã, alunos e professores protestaram contra a votação. Os estudantes caminharam pelas avenidas Beira Mar e Nossa Senhora dos Navegantes até a Ales e ocuparam uma faixa das vias. Após a votação, os estudantes da Escola Estadual de Vitória ocuparam a porta de acesso ao plenário e realizaram uma manifestação com faixas, cartazes e gritos de ordem. Além dos estudantes, um grupo de professores participou do ato. 

Após a votação, os estudantes que ocupavam as galerias desceram e tentaram impedir que os deputados, favoráveis ao projeto, deixassem o plenário.

O programa "Escola Viva" esteve entre as principais bandeiras de campanha do governador Paulo Hartung (PMDB) e gerou grandes debates entre diversas entidades durante todo o processo de votação pelo Legislativo.