• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Nordeste merecerá atenção especial, afirma Aécio

Política

Nordeste merecerá atenção especial, afirma Aécio

O candidato à Presidência da República informou que, na semana dos dias 12, 13 e 14 de agosto, estará viajando pelos Estados do Nordeste

Belo Horizonte - O candidato à Presidência da República pelo PSDB, Aécio Neves, afirmou nesta quinta-feira que a região Nordeste merecerá uma "atenção especial" na campanha. "Estamos construindo um plano para o Nordeste, com investimentos, com grande choque de infraestrutura, atração de novos investimentos, inclusive com regras tributárias específicas", afirmou hoje a jornalistas, na inauguração de seu comitê na capital mineira.

O candidato informou que, na semana dos dias 12, 13 e 14 de agosto, estará viajando pelos Estados do Nordeste apresentando a discussão desse plano com acadêmicos, universitários, organizações não-governamentais, prefeitos, vereadores, entre outros. "Levaremos exemplos do que fizemos em Minas Gerais. Ao final do nosso mandato, gastamos três vezes mais per capita na região mais pobre de Minas do que nas regiões mais ricas", declarou. "Mas o Brasil inteiro é prioridade".

Não é a primeira vez que Aécio acena com medidas específicas para o Nordeste. Em junho, em visitas a Pernambuco e à Paraíba, o candidato havia prometido o programa "Novo Nordeste", específico para a região, onde o PT teve larga vantagem nas últimas eleições presidenciais.

Comitê

Pessoas com faixas, camisetas, adesivos da campanha dos candidatos da coligação "Todos por Minas" e "Muda Brasil" tomaram conta da calçada do antigo Hotel Del Rey, no centro da capital mineira, no início da tarde de hoje para a inauguração do comitê do candidato do PSDB à Presidência da República. Outro grupo - composto em sua maioria de jovens - tomou conta da Praça Afonso Arinos para recepcionar o candidato ao governo do Estado, Pimenta da Veiga (PSDB), seu vice, Dinis Pinheiro (PP), e o candidato ao Senado, Antonio Anastasia (PSDB).

Os três foram os primeiros a chegar à praça, por volta das 13h25, e caminharam pelas ruas do centro até o antigo hotel, um dos mais movimentados durante as décadas de 50 e 60, localizado nas esquinas da Avenida Augusto de Lima e Rua Goiás, e transformado agora em comitê.

Vinte minutos depois, Aécio chegou ao comitê, que já estava tomado tanto no térreo quanto nas escadas e mezanino. Pelo cálculo da assessoria das campanhas, cerca de duas mil pessoas participaram da inauguração. Entre as bandeiras do partido, estavam algumas da Força Sindical, que entregou um documento de manifesto de apoio à campanha tucana.

Palanque

O atual governador do Estado, Alberto Pinto Coelho (PP), e Maria Estela Kubitschek, filha do presidente Juscelino Kubitschek, estavam no palanque. "A emoção me impede de falar. Hoje vivemos um momento único. Há exatos 60 anos, JK iniciou caminhada à Presidência e os resultados todos conhecemos. 30 anos mais tarde, foi a vez de Tancredo Neves que redemocratizou o País. Hoje, passados mais 30 anos, vemos em você o herdeiro dos princípios de suas família. Trago apoio de toda a família Kubitschek."

Já o governador de Minas, Pinto Coelho, em seu rápido discurso, afirmou que "já há uma tomada de consciência no País de renovação, mudança". Sobre Pimenta, o governador disse que o político dará continuidade à "obra magnífica" feita por Aécio e Anastasia.

Em sua fala, Aécio exaltou Minas Gerais e pediu voto tanto para ele e os demais candidatos de seu partido. "Hoje a emoção transcende todos os limites. Não sou mais candidato do PSDB, nem de coligação ampla, mas do resgate de valores que Minas inspira os brasileiros. Quero pedir a cada um que sejam a minha voz e a emoção, para eu ter muita coragem e determinação, porque eu vou vencer essa eleição", afirmou.