• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Juninho confirma apoio à candidatura de Hartung

Política

Juninho confirma apoio à candidatura de Hartung

Sentindo que ele e Cariacica não estão sendo valorizados pelo partido e pelo governador Renato Casagrande, Juninho fará campanha para Hartung, mas diz que "portas estão abertas"

Juninho esteve com Hartung em evento nesta segunda-feira Foto: Divulgação

O prefeito de Cariacica, Geraldo Luzia Júnior (PPS), o Juninho, confirmou nesta segunda-feira (11), depois de participar de evento com o candidato ao governo do Estado Paulo Hartung (PMDB), que vai apoiar o ex-governador.

Juninho tem se mostrado insatisfeito com o partido e com o governador Renato Casagrande (PSB), mas afirmou que não contra o partido “Eu não vou fechar portas de Cariacica a ninguém. Se isso é ir contra o partido eles terão de me provar. Eu sugeri o (deputado) Sandro Locutor para vice e nem conversaram comigo. Só comunicaram que seria o  (vereador Fabrício) Gandini e tive de engolir. Eu pedi que o candidato a deputado federal fosse o Amaro Neto e o Luciano (Rezende) fechou as portas para mim”, disse Juninho.

O prefeito de Cariacica disse que se colocou á disposição para caminhar com Hartung. “Quando tive a conversa com Hartung fiquei muito confiante. Não estou sentindo que Cariacica esta sendo valorizada pelo partido como deveria e com governador fazendo alusão ao Luciano (Rezende). Ouvem, dialogam mas retorno na prática não tem”, desabafou Juninho.

O prefeito disse que não fará críticas ao governador. “Vamos manter linha de não criticar e de também não fechar portas. No caso de hoje, fomos convidados pro evento. Se o governador fizer algum evento em Cariacica eu não iria me furtar de ir. Eu me posiciono para quem me reconhece de fato e de direito. Farei movimentos sem perder a fidelidade partidária. Caminho (com Hartung) mas não subirei no palanque”, disse Juninho.

A reportagem tentou contato com a assessoria de Luciano Rezende e de Fabrício Gandini, mas não conseguiu.