• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Doria diz que popularidade não implica em posicionamento à candidatura

  • COMPARTILHE
Política

Doria diz que popularidade não implica em posicionamento à candidatura

São Paulo - Apontado como o tucano com mais popularidade no País pela pesquisa Ipsos, divulgada hoje pelo Estado de S. Paulo, o prefeito João Doria (PSDB), afirmou há pouco que isso não implica em "nenhum posicionamento de candidatura". "Nos dias de hoje, os que estão na política, geralmente não são bem avaliados. Pessoal tem uma certa distância. Mas isso não implica em nenhum posicionamento de candidatura e nenhum estímulo adicional".

Ele disse que a pesquisa não muda em nada sua postura dentro do partido. "Apenas reforça o sentimento de que temos de estar unidos dentro do partido, nos municípios, Estados e no plano federal também", afirmou. "O PSDB é um partido que sabe extrair dos momentos duros grandes vitórias e grandes conciliações. Conciliar é a palavra mais adequada ao PSDB e ao Brasil nesse momento", disse.

A pesquisa Ipsos sobre a percepção dos brasileiros em relação a 27 figuras públicas mostrou que Aécio Neves (MG), José Serra (SP), Fernando Henrique Cardoso (SP) e Geraldo Alckmin (SP) têm hoje a imagem mais desgastada que a do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Doria está em situação mais confortável: é o que aparece mais bem colocado entre os políticos avaliados pela pesquisa. Ainda assim, sua taxa de desaprovação (53%) é bem maior que a de aprovação (19%).

Doria participou nesta manhã do evento SP Animal, no qual assinou o decreto de criação da coordenadoria de proteção e bem-estar animal doméstico e também participou de uma passeio coletivo acompanhado de sua cadela Lola, da raça samoieda.

Durante a entrevista, ele disse também que deve viajar nos próximos dias para Campina Grande, na Paraíba, e também para Paris, na França. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.