• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Aprovação da LDO deve ficar para depois das eleições

  • COMPARTILHE
Política

Aprovação da LDO deve ficar para depois das eleições

Brasília - A aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) deve ficar para depois das eleições. Além dela, uma série de votações importantes na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO) ficarão para depois do pleito. Segundo nota divulgada pelo presidente da comissão, deputado Devanir Ribeiro (PT-SP), falta quórum para as deliberações.

"Agora a perspectiva é só após as eleições, não tem outra opção. As duas Casas não têm perspectiva de fazer nenhum esforço concentrado, então vai ser só a partir de 5 de outubro, após o primeiro turno, para votarmos a LDO", disse por meio de nota.

Sem o número suficiente de parlamentares, a comissão foi obrigada a encerrar a reunião do colegiado de hoje e a cancelar a reunião extraordinária prevista para amanhã. Os parlamentares membros da CMO ainda devem votar neste ano o relatório final ao projeto de lei do Congresso Nacional (PLN) 3/2014, que apresenta as diretrizes para a elaboração e execução da Lei Orçamentária Anual de 2015 (LOA).