• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cadastramento biométrico gera filas e lentidão para votar no interior do ES

Política

Cadastramento biométrico gera filas e lentidão para votar no interior do ES

Há registros de filas e lentidão nos 18 municípios em que a biometria é ser utilizada no ES. O TRE-ES esclareceu que não houve registro de urnas biométricas com problemas técnicos

O cadastro da digital é o que atrasa a votação, segundo o Tribunal Regional Eleitoral do ES Foto: Agência Brasil

Além das 24 urnas eletrônicas que, até o meio dia deste domingo (5) deram problemas, as urnas biométricas, no Espírito Santo, atrasaram o eleitor capixaba. Há registros de filas e lentidão nos 18 municípios em que a biometria é utilizada no Estado.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES) esclareceu, no entanto, que não houve registro de urnas biométricas com problemas técnicos e que a demora se dá pelo cadastramento das digitais. Existem casos que o eleitor precise colocar o dedo na máquina até oito vezes para cadastramento.

A biometria é realizada nos municípios de Alegre, Apiacá, Baixo Guandu, Boa Esperança, Castelo, Bom Jesus do Norte, Domingos Martins, Dores do Rio Preto, Ibiraçu, Itaguaçu, Itapemirim, Itarana, Mucurici, Muniz Freire, Rio Novo do Sul, Santa Leopoldina, Santa Teresa e Viana.

ES: urnas eletrônicas com problemas

Cerca de 1,4 mil urnas eleitorais estão de reserva no Espírito Santo, informou o TRE-ES Foto: Agência Brasil

Subiu para 24 o número de urnas eletrônicas que apresentaram problemas e precisaram ser substituídas no Espírito Santo. Até as 15h30 deste domingo (5), 24 urnas apresentaram problemas, segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES). No último levantamento, eram 16 urnas defeituosas.

Os problemas com as urnas, porém, não prejudicou a votação em nenhum colégio eleitoral, já que foram substituídas imediatamente.

As urnas que deram problema foram nos municípios de Águia Branca, Boa Esperança, Colatina, Rio Bananal e São Mateus, na região Norte do Espírito Santo. Na região Sul do Estado, houve registros de problema em urnas de Itapemirim, Cachoeiro de Itapemirim e em Jerônimo Monteiro. Já na Grande Vitória: Serra, Vitória e Viana.

Voto-a-voto no Folha Vitória: eleitor poderá acompanhar apuração por tablets e smartphones

Neste domingo (5), mais de 2,6 milhões de eleitores no Espírito Santo vão às urnas para escolher seus representantes para Governo do Estado, Assembleia Legislativa, Câmara Federal, Senado e presidência da República. E o jornalismo da Rede Vitória estará de plantão com as equipes de profissionais para levar ao público todas as notícias no momento em que elas acontecem. 

No jornal online Folha Vitória, a cobertura começa bem cedo, com informações desde o início da votação até o fim da eleição. A partir das 17 horas, o jornal começa a transmitir a apuração voto-a-voto no hotsite do Folha Vitória. O eleitor vai poder acompanhar em tempo real a contagem de votos em todos os municípios capixabas. 

Além disso, repórteres vão acompanhar toda a movimentação do dia das eleições 2014 no Espírito Santo. A TV Vitória também está com uma estrutura especial para cobertura do processo eleitoral. 

Logo após o fim da votação nas urnas, a emissora vai transmitir um programa ao vivo e especial com o balanço do que foi notícia durante o dia. O jornalista Alex Cavalcanti será o âncora do programa e vai mostrar toda a repercussão do resultado da votação. 

Especialistas sobre o assunto estarão no estúdio da TV Vitória para realizar uma análise da eleição no Espírito Santo e também no cenário nacional. O programa começa a ser exibido a partir das 17 horas.

Para receber os 2.653.536 de eleitores capixabas nas 58 zonas eleitorais do Espírito Santo, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES) irá coordenar um esquema especial para o dia 5 de outubro. Serão 6,5 mil policiais militares nas ruas, no dia da eleição. Os juízes das 58 zonas eleitorais também estarão de plantão.