Os encantos do cotidiano

Você já reparou na arquitetura da sua cidade? Ou nos jardins da sua rua? Se as árvores estão floridas ou não? Hoje, segunda-feira, mais uma semana começa e tudo me leva a crer que não terá nada de diferente. A velha rotina. Passo pelos mesmos lugares, me deparo com as mesmas pessoas, mas de repente algo de novo surge. Ou será que já estava ali e nem notei? Você saberia me dizer onde esse ipê está localizado na cidade de Vitória?

Pois é, nosso blog te convida para olhar ao redor. Olhar os encantos do cotidiano. Observar as miudezas da janela do carro, do ônibus e na caminhada do dia a dia. Tudo parece que é a mesma coisa, não é verdade?  Acordamos e fazemos tudo no automático. Estamos tão apressados, sem tempo.  E algumas vezes, no decorrer ou no final do dia, nos aborrecemos com algo. Nossos pensamentos ficam agitados. Ruminamos o fato desagradável e perdemos a oportunidade de olhar para fora.

Já se deu conta que se parássemos um pouquinho e olhássemos ao redor poderíamos descobrir imagens incríveis no caminho para o trabalho ou para casa? Ou quando vamos buscar nossos filhos na escola? Ou tantas outras coisas que fazemos no dia a dia?

Adotar esse comportamento não é uma tarefa fácil, mas aos poucos devemos tentar incorporá-lo no nosso cotidiano. Se tiver a oportunidade de caminhar mais, experimente. Ao sair para almoçar com os colegas de trabalho, observe. Essas pequenas experiências podem tornar seu dia mais leve, além de te apresentar a beleza de espaços que passam despercebidos.

Respondendo a pergunta que lancei no início do texto: hoje descobri um ipê na Avenida Vitória. Não só um, vários, por toda a cidade. Essa imagem é o registro do meu olhar, puro, sem filtros. A semana está só começando. E, você, o que pode descobrir? Está aproveitando o caminho? Convido-te a registrar o que te encanta, seja na mente, no coração ou até mesmo no celular, porque não?

Boa semana!                                                                      

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *