• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Baixo estoque de leite materno coloca em risco a vida de bebês internados em Vitória

Saúde

Baixo estoque de leite materno coloca em risco a vida de bebês internados em Vitória

O Hospital Infantil e Maternidade de Vila Velha (HIMABA), por exemplo, precisa receber cinco litros por dia mas tem recebido esse volume por semana

Foto: Reprodução TV Vitória

Os baixos estoques nos bancos de leite humano de hospitais da Grande Vitória estão colocando em risco bebês internados nas Unidades de Terapia Intensiva. O banco do Hospital Infantil e Maternidade de Vila Velha (HIMABA), por exemplo, precisa receber cinco litros por dia, mas tem recebido esse volume por semana.

Além da doação, o banco de leite humano do Himaba tem como principal função atender bebês que estão na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN).

Por conta desse estoque reduzido, muitos bebês precisam tomar as fórmulas, conhecidas popularmente como leite em pó. Contudo, a enfermeira do Himaba, Gisele Helena, alerta que por melhor que sejam, as fórmulas não se comparam ao leite materno. "O leite materno é um alimento mais completo, principalmente o colostro, que é o leite dos primeiros sete dias, é um leite muito rico nutricionalmente e contém muito fatores de proteção".

No Hospital das Clínicas (HUCAM), os estoques de leite também estão muito baixos. O banco precisa de cinco litros por semana mas está recebendo, em média, um e meio. Segundo a responsável pelo setor, Mônica Pontes, isso sempre acontece no período de férias. "Os bancos nesse período tem uma queda no volume do estoque, a gente precisa dessa doação para suprir as necessidades dos bebês", disse.