Amor de carnaval!

Chegou fevereiro e o que mais se fala neste país é sobre alguns dias de alegria que contagiam milhares de pessoas neste Brasil, o carnaval!

Acredito que todos aqui devem ter histórias incríveis sobre esta época, mas estamos procurando um amor do carnaval.

Queremos contar como começou este amor, e para isto, vamos selecionar a melhor história para um ensaio fotográfico no meio de um bloquinho de carnaval em Vitória, sim sim, NO MEIIIIO.

Vai ter confete, purpurina e muito amor!!

Quem aí tem uma história linda, de amor e carnaval? Tem que ser contagiante, emocionante e SURPREENDENTE.

Convidamos um fotÓgrafo renomado em Vitória, Landerson Viana, para participar com a gente dessa campanha de amor. E claro, o ensaio vai sair aqui no Folha Noivas.

Você quer concorrer? Conte sua história nos comentários desse Post que o fotografo Landerson, vai selecionar o casal vencedor e vamos presentear com um ensaio lindo, no meio de um bloquinho!

Gostaram? Então, foi dada a largada! Conte sua historia de amor e boa sorte ao AMOR!

13 respostas para “Amor de carnaval! Quem tem?”

  1. Há 5 anos atrás, trabalhávamos no mesmo setor, ele foi o responsável por me ensinar todas as atividades do dia-a-dia no trabalho. Ao longo dos dias fomos nós tornando melhores amigos devido todas as coincidências de gostos musicais, estilo, e pelo marido da irmã dele ser meu vizinho há anos, por ele estar em todos os anos nos bloquinhos de carnaval do meu bairro, o bloco das piranhas, e nunca termos nos visto antes… Daí a minha descoberta da paixão alucinante de Léo pelo carnaval. Ele se reunia sempre na metade do ano com uma seleção de amigos para definir os 5 dias de carnaval na Bahia, era sagrado, canecas personalizadas, abadás, comida, aluguel de casa, que roupas levar, o prêmio que o maior pegador da vez ganharia no retorno a vix, e punfts, entre reuniões e outras dele com sua turma, eu já estava apaixonada, de pegação com ele e morrendo de medo de dizer tudo isso antes do carnaval chegar. Não era justo, eu não seria coerente, madura, e milhões de outros adjetivos dentro da confusão da minha cabeça, dividida entre mandar ele decidir entre nosso tão prematuro relacionamento e toda a viagem dele já paga e acertada entre os amigos, mas que ele já evitava tocar no assunto como antes, escondendo os olhos que brilhavam antes sempre qndo o assunto era carnaval. As vezes isso me fazia bem, pq sabia da intenção dele em não me magoar, As vezes me matavaaaa, por achar que ele estaria me enrolando, cozinhando, até o carnaval tão esperado o ano inteiro cm destino a Bahia. Bom, o da chegou. Ele já estava de férias e viajou. Eu me segurei com todas as emoções, me afundando em trabalho durante os 2 primeiros dias, no 3 parei de responder, ele mandava msg até no celular da minha mãe, foi numa desculpa dessas dele confundir nossos problemas e expor em família, que decidi terminar, desliguei todos os celulares de casa e fui ao shopping, chorar e comprar hahahahha. Desabei. Parecia tão massa. Tão a gente. Tão perfeito. E água a baixo, ou melhor, passarela do álcool a baixo, kkkkkkk. Já eram 22 da noite, eu retirava pra casa. E adivinhem quem estava a minha espera no meu portão ? Com a maior prova de amor que recebi na vida? Ele mesmo, o Léo, provando que o nosso amor era maior do que qualquer paixão por carnaval, pela espera anual da diversao. Hoje, as purpurinas, os confetes , estão guardados para serem ansiosamente usados no nosso grande dia. Nos nossos dias não existem máscaras, e a gente tem escrito ao longo desses 5 anos a melhor marchinha de amor…
    Nosso dia tá chegando. Não foi amor de carnaval. É vida inteiraaaaaa.❤

  2. Em 2013 fui curtir o carnaval em Salvador, eis que no meio do carnaval, no meio do camarote, vi um homem que me chamou atenção, depois de muitas trocas de olhares a gente acabou ficando. Ficamos juntos a noite inteira, curtindo o camarote, conversamos bastante, descobri que ele era gaúcho e morava em porto alegre e eu em vitória, era 10 de fevereiro de 2013, aniversário dele, eu brinquei com ele “sou seu presente de aniversário” mas até então não fazíamos ideia do que o futuro nos guardava. A noite foi maravilhosa, curtimos muito, a química bateu muito legal. Estávamos sem celular e não tinha nenhum papel para anotar nada, então ele me passou o e-mail dele e pediu que eu não esquecesse. kkk
    A noite acabou cada um foi para sua casa e não nos encontramos mais, carnaval acabou voltei para vitória ele voltou para porto alegre. Mas é claro eu não esqueci aquele homem, não esqueci aquela noite e nem aquele e-mail, quando cheguei em casa primeira coisa que fiz foi procura-lo no face, encontrei! E ai começamos a conversar, cada dia conversávamos mais pelo face, pelo tel, pelo skyke, e em poucas semanas já ficávamos horas e horas conversando, encontrando cada vez mais coisas em comum, dividindo tudo que acontecia um com o outro pelo telefone, por chamada de vídeo, todas as notícias boas e as nem tão boas assim a gente compartilhava um com o outro, o sentimento crescendo cada vez mais, e ai começamos a namorar, em abril ele veio a vitória a passeio e assumimos de vez nosso namoro. E ai começou a ponte aérea, um mês eu ia para porto alegre, no outro ele vinha para vitória, passávamos horas e horas no telefone, chamada de vídeo, dávamos um jeito de matar a saudade. Depois de algum tempo ele se mudou para uma cidade pequena próximo a Florianópolis, mas isso não impediu que ficássemos juntos, continuamos hora eu indo para lá, hora ele vindo para cá, até que em 2016, já com 3 anos de namoro a distância, tivemos a boa notícia de que ele passou na residência aqui em vitória e finalmente iriamos morar na mesma cidade, depois de tantos anos namorando a distância agora sim iriamos ficar pertinho.
    Mas desde o carnaval de 2013 que a gente se conheceu não passamos mais nenhum carnaval longe. Fomos para porto seguro, alguns não viajamos para curtir mas ficamos juntos e o melhor, depois do de salvador, foi o que fomos para o Rio de Janeiro, eu em vitória inventei e providenciei nossas fantasias, ele veio de floripa e eu sai de vitória cheia de fantasia na mala, nos encontramos no aeroporto do Rio e fomos curtir os bloquinhos de rua, cada dia com uma fantasia diferente, foi muito divertido, uma energia maravilhosa. E em 10 de fevereiro de 2018, em meio ao carnaval, novamente no dia do aniversário dele, ele me pediu em casamento =]
    Então carnaval só nos traz felicidade e coisas boas!! Nos conhecemos no meio do carnaval de Salvador, adoramos curtir carnaval e bloquinhos de rua, foi nosso pedido de casamento (noivado), e com frequência cai no aniversário dele!!
    Realmente virei o presente de todos dos dia dele!
    Então foi no carnaval de Salvador que eu encontrei meu verdadeiro Amor!!
    De salvador para a vida inteira!! =]

  3. Em 2016 começamos a namorar firme (eu achei, né?!) no carnaval do referido ano, que foi em março. Passamos dias lindos em manguinhos na Serra, ele é de Vila Velha, eu morava em Manguinhos e ele se hospedou em uma pousada próxima a minha casa e passamos dias de muito amor, juras…como eu nunca havia vivido antes, falávamos sobre casar e até ter filhos, escolhemos nome dos filhos e tudo! Kkkkk!!! Foi intenso! Na quarta-feira de cinzas, no início da tarde ele fechou a estadia na pousada e voltou p VV. Fui para a minha casa, descansei após os intensos dias, dormir durante a tarde, a noite chegou e nada dele me ligar, p avisar que chegou bem pelo menos kkkkk eu já morria de saudade. Pois bem, deu umas 23h do mesmo dia eu liguei. Achei o tom de voz frio, seco…Ué cadê aquele amor todo? Cadê o homem dos sonhos que eu havia encontrado e estava apaixonada???
    Depois de quase 30 minutos de conversa pelo tel, ele me disse com todas as letras que ESTAVA CONFUSO, E QUE NÃO SABIA O QUE QUERIA DE FATO! 😳😳😳 Oiiiiii??? Eu quase morri!! Não esperava, definitivamente! Foram dias melosos, muito mesmo! E após algumas horas ele me dispensa?!
    Respirei e pensei rápido! Como boa leonina me enchi de amor próprio, e disse(morrendo de medo) que era p ele ir embora mesmo, pois não queria homem indeciso ao meu lado, que passamos 4 dias de amor e juras de um futuro juntos, e com apenas algumas horas distantes a cabeça mudou?! Eu sei que falei sem parar uns 20 minutos no tel e ele só escutando! Veio palavra do fundo da alma! Kkkkk Conclusão, meu poder de reverter não falha! Após mais umas 2 horas de conversa ele voltou atrás, disse que um amigo havia aconselhado ele a não se envolver, pois vivemos uma paixão de carnaval e bla, bla, bla…eu fiquei com ódio mortal desse amigo por algum tempo, lógico! Hj somos muito amigos, ele será padrinho do nosso casamento, desde então não nos desgrudamos mais e vamos nos casar em julho deste ano! Sempre que estamos em uma roda, puxo o assunto desse conselho, relembro e hoje rimos do acontecido!

  4. Eu e raphael nos conhecemos no mês do carnaval, nosso amor foi praticamente a 1ª vista, nos conhecemos em uma festa em Guarapari no verão, nos apaixonamos no mesmo dia!! Eu tinha uma viagem sozinha marcada uma semana depois, e ele quase foi comigo de última hora rs, não foi mas também não me largou nenhum dia no WhatsApp, além de ter me levado no aeroporto, me mandava dicas de turismo, perguntava meu roteiro do dia, etc, quando voltei já era carnaval e combinamos de passar juntos, nenhum de nossos amigos acreditaram, “como assim? Vocês acabaram de se conhecer? Se viram dois dias” E assim decidimos passar o carnaval juntos, só nós dois, aaaah foi quando descobri que éramos feitos um para o outro, curtimos muito, nos bloquinhos de vitória, nas festas em Guarapari, e sempre só eu e ele, nós nos bastávamos, não precisávamos da companhia nem de amigos, faziamos os esquentas em casa, só eu e ele, curtíamos os blocos e íamos nos apaixonando cada vez mais, foi quando percebemos que éramos perfeitos juntos, E assim Rapha me pediu em namoro no carnaval 😍 tínhamos tanta certeza do nosso amor que meses depois noivamos, um ano se passou e agora nosso casamento está chegando!!! Não foi só um amor de carnaval!

  5. E quem disse que amor de carnaval não dura? Pois é! Vou contar pra vocês um pouquinho da minha história de amor de carnaval! Ou melhor, quem marca um primeiro encontro num bloco de carnaval em Ouro Preto?? Éramos dois jovens universitários da cidade de Alegre- Es, ele geologia, eu farmácia, acreditem se quiserem, mas nunca nos esbarramos por lá!! 😱 Apesar das idas e vindas da vida… Certo dia, após mais de 5 anos morando na mesma cidade, (para quem conhece, Alegre é um ovo! Rs) fui a um barzinho e coincidentemente ele também estava lá! Eu não o notei, porém ele me viu e perguntou ao seu amigo que estava comigo sobre mim, no entanto, não passou disso! Passou-se alguns meses (mais de um ano, por sinal!) e em dezembro de 2016 um ser com milhares de amigos em comuns me adiciona no Facebook, eu, como pessoa educada que sou, logicamente aceitei! KKK apesar de nunca ter visto o dito cujo! E não é que logo depois do aceite ele me mandou um oi! No chat? Eu, como não o conhecia, acabei ignorando e pensei: Nossa! Quem é esse menino que nem me conhece e já vêm mandando mensagem?? Mal sabia eu o que me aguardava… Passou-se um tempo e novamente veio a criatura mandando um Boa noite! Tudo bem? Eu já pensei logo, não é possível? Que que esse menino tá querendo?! Como seu eu não soubesse! Kkkk então, bateu aquele espírito de Sherlock Holmes e fui dar uma stalkeada no perfil do boy, logo encontrei evidências dele ser amigo, do peguete da minha amiga, que estava com a gente no barzinho lá no começo da história! Rs então me lembrei que ela tinha me falado que iria me apresentar um amigo do seu bofe, fui tirar essa história a limpo com ela, e bingo! Era ele mesmo! RS Nisso começamos a conversar pelo Messenger, pra variar, eu tinha derrubado o celular dentro do vaso e estava sem WhatsApp! Se ele acreditou nessa história eu não sei! Kkkk aos trancos e barrancos fomos conversando, veio o natal, veio o ano novo e fui viajar! E aí bateu o desespero! Como vou responder o menino sem computador?? Vida de pobre é triste viu! KKK então, consegui um notebook emprestado com um amigo e tudo deu certo! Ou mais ou menos… O teclado do notebook estava estragado e só quem usou teclado virtual sabe a beleza que é…. Mas pelo menos consegui manter o contato com o bofe, e ainda sem saber se ele estava acreditando nessa minha história do celular… Kkkkk chegando em casa, meu celular estava me aguardando! (Glória a Deuxxx!) Já nessa altura do campeonato a conversa acabou esfriando um pouco, afinal, nunca tínhamos nos visto pessoalmente e os assuntos já estavam escassos! Kkkk Acabou que um dia morreu a conversa e eu já não sabia como puxar assunto e ele tinha desistido de mim! (Não sei porque? Kkkk), até que fui passar uns dias na casa da minha amiga, aquela do barzinho do começo da história, e sabe aquela amiga que fica te dando pitaco nas conversas com o boy? Então, é ela! Nesse caso, ela tomou meu celular e começou a mandar mensagem para o boy se passando por mim! 😱 Mas pelo menos funcionou e nós voltamos a conversar e aí o papo deslanchou! Passando um tempo, vêm chegando o carnaval e ele me pergunta onde eu iria passar, na mesma hora respondi: Ouro Preto! Ele que não é bobo nem nada, logo disse que estava pensando em ir pra lá também, e não é que foi? Chegando lá acabamos comprando abadá pra dois blocos. Aí bateu aquele friozinho na barriga, será que ele vai gostar de mim? Será que eu vou gostar dele? Só que como nada foi fácil nessa história, não seria agora que ia ser! Ouro Preto superlotada e a Vivo não estava dando conta do sinal! A gente tinha combinado de se encontrar no bloco, mas no meio daquele mundaréu de gente e com a vivo atrapalhando, ia ficar meio difícil! Com muita persistência e paciência ( coisa que não tenho! RS), mesmo as mensagens chegando meia hora atrasadas e sempre nos desencontrando nos pontos de referência, uma hora nos esbarramos lá! RS Aí não é que rolou? RS ficamos juntos esse dia e fechamos o bloco! Dia seguinte, mesma luta, mas mesmo desfecho! Missão carnaval finalizada com sucesso!! Daí em diante as conversas foram se tornando cada vez mais constantes e intensas e ele começou a ir me visitar em Alegre, a essa altura do campeonato ele já tinha se formado, tinha voltado para Vila Velha e eu estava lá cursando o mestrado! As visitas se tornaram cada vez mais frequentes e em junho de 2017 veio o tão aguardado pedido de namoro! Logicamente numa festa, porque foi sempre onde tudo começou! RS Após algum tempo de namoro decidimos continuar a festa e em dezembro de 2018 estreitamos os laços e ficamos noivos! E agora para completar a história, decidimos que setembro de 2020 será nosso melhor bloco, nossa mais animada festa, a festa de nossas vidas, nosso casamento!! E que seja apenas o começo de vários e vários blocos de carnavais ao lado do meu amor de carnaval, que é pra vida toda!!

  6. E quem disse que amor de carnaval não dura? Pois é! Vou contar pra vocês um pouquinho da minha história de amor de carnaval! Ou melhor, quem marca um primeiro encontro num bloco de carnaval em Ouro Preto?? Éramos dois jovens universitários da cidade de Alegre- Es, ele geologia, eu farmácia, acreditem se quiserem, mas nunca nos esbarramos por lá!! 😱 Apesar das idas e vindas da vida… Certo dia, após mais de 5 anos morando na mesma cidade, (para quem conhece, Alegre é um ovo! Rs) fui a um barzinho e coincidentemente ele também estava lá! Eu não o notei, porém ele me viu e perguntou ao seu amigo que estava comigo sobre mim, no entanto, não passou disso! Passou-se alguns meses (mais de um ano, por sinal!) e em dezembro de 2016 um ser com milhares de amigos em comuns me adiciona no Facebook, eu, como pessoa educada que sou, logicamente aceitei! KKK apesar de nunca ter visto o dito cujo! E não é que logo depois do aceite ele me mandou um oi! No chat? Eu, como não o conhecia, acabei ignorando e pensei: Nossa! Quem é esse menino que nem me conhece e já vêm mandando mensagem?? Mal sabia eu o que me aguardava… Passou-se um tempo e novamente veio a criatura mandando um Boa noite! Tudo bem? Eu já pensei logo, não é possível? Que que esse menino tá querendo?! Como seu eu não soubesse! Kkkk então, bateu aquele espírito de Sherlock Holmes e fui dar uma stalkeada no perfil do boy, logo encontrei evidências dele ser amigo, do peguete da minha amiga, que estava com a gente no barzinho lá no começo da história! Rs então me lembrei que ela tinha me falado que ia me apresentar um amigo do seu bofe, fui tirar essa história a limpo com ela, e bingo! Era ele mesmo! RS Nisso começamos a conversar pelo Messenger, pra variar, eu tinha derrubado o celular dentro do vaso e estava sem WhatsApp! Se ele acreditou nessa história eu não sei! Kkkk aos trancos e barrancos fomos conversando, veio o natal, veio o ano novo e fui viajar! E aí bateu o desespero! Como vou responder o menino sem computador?? Vida de pobre é triste viu! KKK então, consegui um notebook emprestado com um amigo e tudo deu certo! Ou mais ou menos… O teclado do notebook estava estragado e só quem usou teclado virtual sabe a beleza que é…. Mas pelo menos consegui manter o contato com o bofe, e ainda sem saber se ele estava acreditando nessa minha história do celular… Kkkkk chegando em casa, meu celular estava me aguardando! (Glória a Deuxxx!) Já nessa altura do campeonato a conversa acabou esfriando um pouco, afinal, nunca tínhamos nos visto pessoalmente e os assuntos já estavam escassos! Kkkk Acabou que um dia morreu a conversa e eu já não sabia como puxar assunto e ele tinha desistido de mim! (Não sei porque? Kkkk), até que fui passar uns dias na casa da minha amiga, aquela do barzinho do começo da história, e sabe aquela amiga que fica te dando pitaco nas conversas com o boy? Então, é ela! Nesse caso, ela tomou meu celular e começou a mandar mensagem para o boy se passando por mim! 😱 Mas pelo menos funcionou e nós voltamos a conversar e aí o papo deslanchou! Passando um tempo, vêm chegando o carnaval e ele me pergunta onde eu iria passar, na mesma hora respondi: Ouro Preto! Ele que não é bobo nem nada, logo disse que estava pensando em ir pra lá também, e não é que foi? Chegando lá acabamos comprando abadá pra dois blocos. Aí bateu aquele friozinho na barriga, será que ele vai gostar de mim? Será que eu vou gostar dele? Só que como nada foi fácil nessa história, não seria agora que ia ser! Ouro Preto superlotada e a Vivo não estava dando conta do sinal! A gente tinha combinado de se encontrar no bloco, mas no meio daquele mundaréu de gente e com a vivo atrapalhando, ia ficar meio difícil! Com muita persistência e paciência ( coisa que não tenho! RS), mesmo as mensagens chegando meia hora atrasadas e sempre nos desencontrando nos pontos de referência, uma hora nos esbarramos lá! RS Aí não é que rolou? RS ficamos juntos esse dia e fechamos o bloco! Dia seguinte, mesma luta, mas mesmo desfecho! Missão carnaval finalizada com sucesso!! Daí em diante as conversas foram se tornando cada vez mais constantes e intensas e ele começou a ir me visitar em Alegre, a essa altura do campeonato ele já tinha se formado, tinha voltado para Vila Velha e eu estava lá cursando o mestrado! As visitas se tornaram cada vez mais frequentes e em junho de 2017 veio o tão aguardado pedido de namoro! Logicamente numa festa, porque foi sempre onde tudo começou! RS Após algum tempo de namoro decidimos continuar a festa e em dezembro de 2018 estreitamos os laços e ficamos noivos! E agora para completar a história, decidimos que setembro de 2020 será nosso melhor bloco, nossa mais animada festa, a festa de nossas vidas, nosso casamento!! E que seja apenas o começo de vários e vários blocos de carnavais ao lado do meu amor de carnaval, que é pra vida toda!!

  7. Era 2013 e eu comecei meu emprego novo… estava meio perdida e um dos integrantes da empresa me recebeu dando as boas vindas e disse que do que eu precisasse, poderia contar com ele… eu não sabia que quem estava na minha frente ali, falando isso, seria hoje o meu noivo e futuro marido…
    O tempo passou e fomos criando laços de amizade. Viramos amigos conselheiros. Viramos amigos de verdade… ambos tínhamos outro relacionamento com outras pessoas e nos aconselhávamos sobre nossas alegrias e tristezas… os dois estavam mal mesmo, com o relacionamento frustrado… um dia eu fui percebendo que seria melhor me afastar pois poderia confundir as coisas… me afastei. Parei de falar com ele… sumi… ele não entendeu nada, obviamente… o carnaval estava chegando e eu fui viajar com meu namorado e ele com a namorada dele… mas ali eu percebi que ja nao me interessava mais pelo meu namorado… e também percebi que ja amava o meu amigo do trabalho, mais que o esperado… passei todos os dias do carnaval sem tirar ele da cabeça… sem saber como agir com meu namorado… tudo o que eu via, queria compartilhar com meu amigo… Voltamos da viagem e terminei com meu namorado. O meu amigo do trabalho, ao me ver na empresa, me deu um chaveirinho da minha banda favorita, que comprou pra mim na viagem. Aí eu percebi que ele também pensou em mim de longe… ele terminou também o namoro e nós começamos a sair juntos… começamos ja sentindo um sentimento TÃO forte e intenso que não sabíamos nem parar de conversar. Eram horas e horas no telefone. 2, 3, 4 horas conversando as vezes… iamos dormir falando mo telefone e ja acordavamos nos falando novamente. Começamos a namorar mas em dado momento, discutimos e terminamos… ele começou a sair e eu também… começamos a conhecer outras pessoas e ele começou a namorar outra menina… meu mundo desabou… tive que prosseguir a vida mesmo assim e tive que ir conhecendo outras pessoas, mesmo sem querer conhecer ninguém… precisava esquecer… ele começou a se reaproximar de mim, mandar mensagem e ligar… ele tinha terminado e disse que nunca tinha conseguido me esquecer, que eu era a mulher da vida dele e que ele nunca mais iria deixar que a gente se afastasse!! Conversamos muito, mas dessa vez, por 8 horas… colocamos todos os pingos nos is e assim fomos nos reaproximando… mas a nossa reaproximação não é algo que demore… o nosso sentimento continuava intenso e a nossa conexão continuava absurrrdamente forte! E adivinha que época do ano era novamente??? Sim, CARNAVAL!! Mas já estamos no ano de 2017 agora!! Passamos o carbaval inteiro juntos, saindo com amigos, juntos! Vendo filme, juntos! Parecia que nunca tinhamos nos afastado! Parecia que nada tinha interrompido a nossa história e que não houve nunca nada entre um tempo e outro na nossa vida! Desde então estamos juntos mas dessa vez ele me pediu em casamento… isso nao foi no carnaval (rs rs), foi no meu aniversário… mas desde que eu o conheci, todo carnaval é especial… porque todo carnaval tem o sabor de comemorarmos estarmos juntos e agora todo carnaval é muito melhor… casaremos em 2020 e teremos todos os próximos carnavais pra continuar comemorando estarmos juntos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *