Empatia como diferencial nas organizações

Ouvimos diariamente sobre a importância de termos empatia. Mas será que estamos de fato atentos ao que nos rodeia?

A empatia é a nossa capacidade de se colocar no lugar do outro para experimentar e perceber o mundo com o olhar do outro. E neste momentos alguns consideram que  “empatia é desejar ao outro o que eu desejaria a mim mesmo” e não é, é sobre desejar ao outro aquilo que é importante para o outro, porque nem sempre o que eu entendo que é bom para mim, é para o outro. Então essa capacidade realmente de se colocar e perceber a necessidade do outro é a base da empatia

Desenvolver empatia requer estado de presença, estar atento ao que dizemos e como agimos. Mas é importante pois além de melhorar as relações interpessoais no âmbito pessoal, é também muito valorizada nas novas organizações.

Nas organizações a empatia ajuda a criar grupos mais cooperativos, pessoas mais criativas em relação a solução de problemas comuns e isso também tem uma relação com a experiencia do cliente. Mas isso implica em abrir mão da minha forma de ver o mundo, do meu modelo mental, da minha percepção e dos meus julgamentos.

Como habilidade, a empatia pode ser desenvolvida, e uma das formas é não julgar ou criticar as escolhas do outro. Ao se colocar no lugar do outro, sem julgamento, sem percepções de valores pessoais, de certo ou errado. Fica mais fácil construir um olhar com a percepção do outro.

As empresas fazem este exercício, ao criarem uma persona, tentam entender de quem compra o produto/serviço:  o que para ele é mais importante? o que que ele espera quando ele decide buscar a minha empresa? qual a expectativa que ele possui?

A partir deste lugar podemos analisar: “o que nós estamos entregando, é de fato, o que ele precisa, o que ele deseja?”

Quando você começa a transformar uma organização numa organização mais empática percebemos a diversidade no lugar diferente, espaços diferentes, espaços para dialogo. Então construir uma organização mais empática é trazer essas pessoas para este espaço de discussão, onde a gente possa ouvir de verdade e se colocar no lugar do outro, já que no dia a dia, a empatia aplicada faz com que os problemas em grupo sejam resolvidos mais facilmente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *