Quer aproveitar o friozinho? Veja 10 lugares para conhecer no Espírito Santo!

O inverno chegou com tudo no Espírito Santo e há dias os capixabas sentem as temperaturas mais baixas em algumas regiões. Enquanto muitos já estão com saudade do calor e sol do verão, outros preferem aproveitar ao máximo a estação mais fria do ano e buscam “refúgio” na Região Serrana do Estado, onde os termômetros geralmente marcam as temperaturas mais baixas.

Pensando nisso, o jornal online Folha Vitória listou 10 lugares do Estado que possuem diversos atrativos turísticos para aproveitar bastante a estação. Em Alfredo Chaves, por exemplo, dá para se aventurar na rampa de voo livre com a prática de atividades como voo de asa delta e de parapente. Quer mais opções? Confira a lista e aproveite!

Domingos Martins/ Pedra Azul

O clima agradável, aliado às exuberantes paisagens, ao povo acolhedor e às comidas típicas, proporciona aos visitantes desde o conforto das montanhas, até os requintados pratos de origem europeia, especialmente alemã e italiana.

Domingos Martins é entrecortado por montes e serras com altitude próxima aos 2.000 m dentre os quais se destaca a Pedra Azul, onde fica localizado o Parque Estadual Pedra Azul. Uma das principais atrações turística do local e que é reconhecida em todo o Brasil.

O município tem como principais atividades a agricultura e o turismo e pela união das duas surgiu uma nova: o agroturismo que levou ao surgimento de muitas pousadas rurais na cidade. Com uma excelente infraestrutura em hotéis e pousadas, o local é hoje conhecido nacional e internacionalmente e recebe um grande número de turistas durante o ano, especialmente quando chega a temporada de inverno. Veja como chegar!

Venda Nova do Imigrante

Cidade colonizada por imigrantes italianos, Venda Nova do Imigrante é conhecida como a capital do agroturismo, fator que possibilitou o desenvolvimento da região. Atualmente, o município possui vários roteiros de visitação, uma boa opção para conhecer a e aproveitar o inverno na cidade.

Além do agroturismo, vale a pena conhecer o Morro do Filleti, com 1.100 metros de altura e que tem rampa para decolagem de asa delta e parapente, e a famosa Casa da Cultura, que possui mais de 600 peças que contam a saga da colonização italiana na cidade, iniciada em 1892.

A sede da cidade encontra-se a 730 metros de altitude, porém algumas localidades possuem altitudes maiores que 1.200 metros. O ponto culminante do município está a 1.548 metros. Venda Nova do Imigrante é considerada a cidade mais elevada do Espírito Santo. Veja como chegar!

Santa Teresa 

Santa Teresa possui vários atrativos turísticos
Foto: ​Divulgação/Governo do Estado

Também conhecida como A Doce Terra dos Colibris, faz parte da Rota Caminhos do Imigrante e a diversidade cultural é uma de suas marcas. Com forte influência dos imigrantes italianos, o município tem no Vale do Canaã um retrato histórico de sua colonização.

Para quem deseja curtir o friozinho da cidade, vale a pena conhecer as reservas Augusto Ruschi e Santa Lúcia e o Museu de Biologia Mello Leitão. Os pássaros típicos da região e principalmente os herbários com mais de sete mil orquídeas fazem do município um grande reduto de contemplação e preservação da natureza. Veja como chegar!

Santa Maria de Jetibá 

Considerado o município mais pomerano do País, Santa Maria de Jetibá atrai turistas principalmente pela preservação de costumes e da identidade pomerana. A 80 km de Vitória, o município faz divisa com Santa Leopoldina, Santa Teresa, Itarana, Domingos Martins e Afonso Cláudio.

Além das cachoeiras, quem passar por lá também pode aproveitar a famosa “Rua do Lazer”, a Casa do Artesão e a pedra do Garrafão, que é o ponto mais alto da região. Por lá, os turistas podem encontrar opções para prática de esporte, principalmente escalada. Veja como chegar!

Alfredo Chaves

Alfredo Chaves é conhecida pela prática de esportes. A rampa natural de voo livre, procurada por ser propícia a prática de voo de asa delta e de parapente, atrai turistas que buscam adrenalina em meio às montanhas. Outro atrativo turístico da cidade é o passeio no Trem das Montanhas.

Além de Alfredo Chaves, o trem, com capacidade para até 56 passageiros, também passa pelas três principais cidades que integram a Rota do Mar e das Montanhas – Viana, Domingos Martins e Marechal Floriano. Veja como chegar!

Marechal Floriano

Conhecida como a cidade das orquídeas, Marechal Floriano possui uma natureza exuberante. O município possui dois orquidários, onde vale a pena visitá-los para constatar a vasta quantidade de espécies de orquídeas das matas ao redor da cidade e também guarda os vestígios de sua origem nos centros culturais da cidade, igrejas e nos monumentos históricos.

O clima frio das montanhas contribui para a visita ficar ainda mais surpreendente. Os grupos de dança e de música da região fazem apresentações por todo o país e preservam as tradições dos colonos de trazer esperança e progresso para as novas terras, onde hoje predomina a agricultura familiar com o cultivo de café, legumes, hortaliças e a criação de frangos. Veja como chegar!

Castelo

Castelo está localizado no Sul do Espírito Santo. Cercado de montanhas e cachoeiras, possui clima ameno, que varia entre 23º e 5ºC no inverno. Sua população é formada em sua maioria por descendentes de italianos. Os atrativos turísticos do município são para todos os gostos, desde santuários e igrejas, como o de Aracuí, até rampas de voo livre, como a de Ubá, que proporciona aos visitantes uma bela paisagem .

As trilhas da Cachoeira, da Gruta da Santinha, dos Poços Amarelos e do Mirante da Pedra Azul também são outras opções e cortam a Mata Atlântica e levam aos mirantes naturais, pontos de elevadas altitudes, onde se tem uma ampla vista panorâmica. No percurso, o visitante poderá banhar-se nas cachoeiras e piscinas naturais. Veja como chegar! 

Alegre

598871807-alegre-es

Localizado no Sul do Estado do Espírito Santo, Alegre tem clima quente e chuvoso no verão, e seco e frio no inverno. Os italianos tiveram uma atuação significativa no desenvolvimento da cultura cafeeira e da pecuária no município, que também recebeu um importante contingente de imigrantes, principalmente italianos e libaneses. Muitas famílias italianas ainda residem na cidade. Entre os atrativos da região, está a Cachoeira da Fumaça,Igreja Matriz Nossa Senhora da Penha e também a Rota Imperial.

Fazem parte da Rota Imperial 17 municípios de Minas Gerais e 14 do Espírito Santo. São eles: Castelo, Conceição do Castelo, Cariacica, Domingos Martins, Iúna, Ibatiba, Ibitirama, Irupi, Muniz Freire, Viana, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, Venda Nova do Imigrante e Vitória. Veja como chegar!

Vargem Alta

A região de Vargem Alta é de uma natureza exuberante e clima semelhante ao europeu. A temperatura média de 20 graus combina perfeitamente com os pães, cachaças, licores e vinhos de frutas produzidos na região e a melhor parte é que o visitante pode experimentar e acompanhar de perto a produção dessas delícias.

As lojas de artesanato também oferecem uma boa variedade de produtos locais. Uma opção é conhecer a interessante fábrica de artefatos de chifres, onde são produzidos berrantes famosos em todo o país. Algumas propriedades encantam pela beleza natural, proporcionando também caminhadas por trilhas e banhos de cachoeiras: como as do Brother e a Cachoeira da Concórdia. Veja como chegar!

Caparaó 

O local possui espaço para camping, além de várias cachoeiras
Foto: ​ Iures Wagmaker

As belezas naturais são o destaque da Rota do Caparaó. Localizada na divisa do Espírito Santo com Minas Gerais e Rio de Janeiro, tem como principal destaque o Parque Nacional do Caparaó, mas também agrega parte da Serra do Mar e da Mantiqueira, do Pico da Bandeira e do Parque Estadual da Cachoeira da Fumaça. A natureza e a história nesta região são bem preservadas.

O Parque do Caparaó possui 31.800 hectares e está localizado no Estado do  Espírito Santo, fazendo divisa com Minas Gerais. O Espírito Santo possui 78% de toda a área do Parque e o Pico da Bandeira situa-se no território capixaba. A portaria capixaba do Parque fica em Pedra Menina, distrito de Dores do Rio Preto. Além de todos os atrativos dentro do Parque, com duas áreas de camping e várias cachoeiras, o nas do sol sobre as nuvens deixa os turistas encantados.  Veja como chegar!

(39Publicações)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *