Paradão, elefante-marinho “Fred” deve ficar no ES até o fim da Copa

O mamífero que tem 3,3 metros de comprimento e pesa cerca de 450 quilos, mesmas características do animal encontrado em dezembro de 2013, vai para a água e em seguida volta à praia

 Versão para impressão  
O animal foi encontrado em uma praia de Vila Velha
O animal foi encontrado em uma praia de Vila Velha
Foto: Divulgação/ Site Ipram

O elefante-marinho encontrado na manhã da última terça-feira (08), na areia de uma praia às margens do Morro do Moreno, em Vila Velha, foi batizado como Fred, em "homenagem" ao camisa 9 da Seleção Brasileira; 

De acordo com informações do Centro Especializado em Monitorar e Resgatar Animais Marinhos, o CTA, o animal está com boa saúde e sendo acompanhado por uma equipe todos os dias. 

O animal foi encontrado perto do farol de Santa Luzia, por volta das 10h30. Segundo a equipe de biólogos que analisou o animal, o elefante-marinho pode ser o mesmo que foi encontrado em dezembro de 2013, em praias de Vitória.

O mamífero que tem 3,3 metros de comprimento e pesa cerca de 450 quilos, mesmas características do animal encontrado em dezembro de 2013, vai para a água e em seguida volta à praia e irá embora quando quiser. 

Não é a primeira vez

Em novembro de 2013, uma filhote de elefante-marinho foi encontrada encalhada na Praia dos Padres, em Aracruz. Uma equipe do Instituto Orca (Organização Consciência Ambiental) fez a captura do bicho e levou para a sede da ONG, em Guarapari, na Grande Vitória, já que a filhote estava debilitada.

O animal era da espécie Mironga Leonina. A filhote tem 1,5 metro e pesava cerca de 70 quilos. Por estar abaixo do peso normal e com diversos ferimentos, ela foi alimentada e medicada.

Golfinho morto

Um golfinho de 1,78 metros, mais conhecido como boto cinza, foi encontrado morto na Praia do Morro, em Guarapari, na tarde da última quarta-feira (09). O mamífero encalhou por volta das 14 horas. 

De acordo com informações passadas pelo cenógrafo e gerente da equipe de monitoramento da praia, Bruno Bergue, o golfinho da espécie Sotália guianensis é um adulto e ainda não foi pesado. 

Uma equipe de monitoramento da praia recolheu o mamífero, que foi encaminhado para o Instituto Orca, no município de Guarapari, onde será realizada uma análise para tentar identificar a causa da morte do animal. 

Segundo Bruno, uma curiosidade, é que essa espécie é a que mais encalha nas praias do Espírito Santo. 

Tartarugas mortas

Uma dupla de guarda-vidas encontrou, na manhã da última quarta-feira (09), 28 tartarugas da espécie verde, enroladas em uma rede de pesca, na Praia da Barrinha, na Barra do Jucu, em Vila Velha. O número de animais só foi confirmado após a chegada de uma equipe do Projeto Tamar.

A Polícia Ambiental esteve no local, mas ninguém foi preso. O dono do material não foi encontrado e todas as redes foram recolhidas. 

A equipe do Projeto Tamar pode ser acionada através do telefone 3225-3787.

TAGs

  • fred
  • elefante marinho
  • tartatura
  • golfinho
 Versão para impressão  

MAIS LIDAS

Jornal Folha Vitória
Todos os direitos reservados © 2007-2016