Maio 2024
21
Dra. Alice Sarcinelli
SAÚDE EM FÓRUM

porDra. Alice Sarcinelli

Maio 2024
21
Dra. Alice Sarcinelli
SAÚDE EM FÓRUM

porDra. Alice Sarcinelli

O desafio de formar uma nova matriz econômica no Estado até 2032

O superintendente do Sebrae Espírito Santo, Pedro Rigo, abriu a palestra “Alinhamento Estratégico: conectando propósitos”, realizada no último dia 30 de abril, no Hotel Confort, na Praia do Canto, onde mostrou os dados de alta performance do Sebrae em 2023. O alto investimento em atendimento fez com que o Sebrae/ES obtivesse o segundo lugar na melhor taxa de cobertura de Microempreendedor no Brasil e conquistasse o primeiro lugar na execução orçamentária de contribuição social do país. Em 2023, houve um crescimento de mais de 203,6 mil de atendimentos em relação ao ano anterior. A Instituição ajudou na formação de mais de 70 mil novos pequenos negócios e teve mais de 40,4 mil novos clientes atendidos com serviços digitais.

Pedro também apresentou o planejamento estratégico da instituição para 2024 a 2026. Segundo ele, a reforma tributária impõe ao Espírito Santo o desafio de formar uma nova matriz econômica até 2032. Com investimento base de 50 milhões de reais, a aposta do Sebrae é na vocação turística do Estado, setor econômico que é transversal, multisetorial e de grande potencial transformador, com a decisão inédita de focar no propósito de transformar realidades territoriais. Além do turismo, o superintendente destacou que manterão o apoio ao setor da saúde. A Instituição está cada vez mais próxima da área da saúde no intuito de ajudar os empreendedores seja nos pequenos ou grandes negócios. “Nós conseguimos nos aproximar bastante da área da saúde e estimular os empreendedores da saúde. O Sebrae entende que a saúde é um setor econômico importante gerador de oportunidade e que muito precisa do apoio”, destacou.

Esse olhar institucional aos empresários da área da saúde é um ponto muito importante para a sustentabilidade do setor no Estado, que cresceu 80% entre 2017 e 2022, com perspectivas de manter-se em expansão, o que aumenta a competitividade e exige gestão acurada que garanta o sucesso e longevidade das empresas.

 

Da gestão por controle para a gestão por propósitos

Para o triênio 2024-2026, sem que as metas deixem de existir ou de serem necessárias, haverá um direcionamento das ações do Sebrae/ES para a evolução da gestão por metas para a gestão por propósito a fim de gerar valor. “Acreditamos que pessoas transformam negócios e negócios transformam realidades. Queremos ser efetivos na transformação territorial. Orientados por nosso propósito, direcionaremos nossa capacidade instalada na busca de cumprir a missão de fomentar o empreendedorismo, gerar valor aos pequenos negócios para melhorar o ambiente de negócios e a economia local. Reconhecemos que colaborar com outras pessoas, empresas e instituições, desenvolvendo relacionamentos sólidos e mutuamente benéficos, é fundamental para ampliar nossa influência e fortalecer nossa posição como protagonistas do fortalecimento do empreendedorismo”, afirmou Rigo.

Veja também

As informações/opiniões aqui escritas são de cunho pessoal e não necessariamente refletem os posicionamentos do Folha Vitória

Pular para a barra de ferramentas