Sustentabilidade – reduzindo o consumo de energia na Fibria

Fibria reduz consumo de energia com substituição de lâmpadas fluorescente por LED na unidade de Aracruz (ES)
Economia foi de 103 MWh, entre 2012 a 2015, o suficiente para abastecer, por um mês, o consumo de 1 mil famílias

DSC04300A redução do consumo de energia elétrica é tema de atenção no Brasil e no mundo. A Fibria vem fazendo a sua parte e uma das iniciativas nesse sentido é a substituição de lâmpadas fluorescentes pelas que usam tecnologia LED (Diodos Emissores de Luz, na sigla em inglês). A empresa já substituiu 1.450 lâmpadas, o que resultou em uma economia de 103MWh no consumo de energia, o suficiente para abastecer 1 mil residências durante um mês.
Existem aproximadamente 8 mil lâmpadas fluorescentes instaladas no setor administrativo e na área industrial da Fibria, em Aracruz (ES), 18% das quais já foram substituídas por LED, segundo afirma o consultor de Manutenção da empresa, Christian Virgolino.
Christian destaca que o processo de substituição ainda está em fase inicial. As lâmpadas de LED, que consomem 55% menos energia que as fluorescentes, estão sendo substituídas à medida que há necessidade de troca das lâmpadas fluorescentes e reator em decorrência de alguma falha, explicou ele.
Entre os benefícios da substituição está a redução do custo de manutenção, já que a vida útil da lâmpada LED é de 35 mil horas, contra 10 mil horas de vida útil da fluorescente. Além disso, a tecnologia LED dispensa a necessidade de reator.
Ganho ambiental – Outra vantagem verificada é que 98% dos materiais que compõem a lâmpada LED são recicláveis e não há metais pesados – como mercúrio – em sua composição. Elas são menos agressivas à visão humana e, quando desligadas, não demoram a acender novamente.
Atualmente, todas as lâmpadas fluorescentes retiradas das instalações da Fibria são armazenadas adequadamente em um contêiner e periodicamente são enviadas para o fornecedor certificado e homologado para proceder o descarte. Com a troca das fluorescentes por LED, a Fibria estima reduzir em pelo menos três vezes o número de trocas, já que as lâmpadas de LED têm mais durabilidade, contribuindo ainda mais para a proteção do meio ambiente.
DSC01222Sobre a Fibria – Líder mundial na produção de celulose de eucalipto, a Fibria possui capacidade produtiva de 5,3 milhões de toneladas anuais de celulose, com fábricas situadas em Três Lagoas (MS), Aracruz (ES), Jacareí (SP) e Eunápolis (BA), esta última onde mantém a Veracel em joint venture com a Stora Enso. Em sociedade com a Cenibra, opera o único porto brasileiro especializado em embarque de celulose, Portocel (Aracruz, ES). Com uma operação integralmente baseada em plantios florestais renováveis, a Fibria trabalha com uma base florestal própria de 970 mil hectares em áreas localizadas nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul e Bahia, dos quais 343 mil são destinados à conservação ambiental. A Fibria mantém cerca de 18.900 trabalhadores, entre empregados diretos e indiretos, e está presente em 254 municípios de sete Estados brasileiros. Colaboração: Geovana Pulcheri

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *