Tudo vem das pessoas – enfrentando as crises permanentes

8 em 10 periódicos especializados tem se dedicado a falar, comentar e procurar saídas para a famosa CRISE. Passa pela economia mundial, pelo nosso governo na crise política, e passa também pela nossa estrutura empresarial privada. De uma forma geral as crises são antigas, cíclicas e repetitivas e aparecem com mais vigor para aqueles que estão despreparados para a competição.

Nosso pensamento nos remete a algumas estratégias simples e objetivas, ou seja:

1. COOPERAÇÃO – a situação de crise nos chama a pensar e agir de forma cooperativa. Não dá para lutar sozinho e é preciso reunir mentes, corações, braços e pernas para esta guerra da competitividade mundial e nacional. Não podemos deixar de lado as habilidades e capacidades dos nossos colaboradores neste momento tão especial.

GAF_2016.05.04_09h20m11s_006_2 – PARTICIPAÇÃO – A participação de todos é fundamental para o sucesso do empreendimento. Não podemos contar somente com alguns cérebros mas sim com 100% de todas as inteligências disponíveis. A participação inteligente pressupõe lideranças altamente capacitadas e mobilizadoras. As empresas e organizações de sucesso no mundo inteiro (com ou sem crises) mostram que “tudo  vem das pessoas” (Tom Peters, Em busca da Excelência), e nós não podemos deixar de considerar esta vantagem altamente competitiva.

3 – METODOLOGIA – a palavra Método vem do grego: Meta, direção e Hodós, caminho. Portanto a direção e o caminho são requisitos importantes para assegurar o sucesso do projeto, empreendimento ou causa. Pessoas e método combinam muito bem pois reúnem o que tem de melhor em termos de emoção (criatividade) e razão (inovação e resultados).

4 – SIMPLICIDADE E RESULTADOS – como base para a obtenção de resultados em qualquer tipo de empresa ou organização pública, por exemplo,  apresentamos no conjunto das ideias e caminhos viáveis a proposta imediata de implantação do PROJETO 5S nas empresas.  A formulação de origem japonesa reúne os 3 pontos citados acima: Cooperação, Participação, Metodologia e Resultados. Veja o conjunto sistematizado do 5S abaixo:

GAF_2016.05.04_08h47m55s_001_Como o método do 5S é simples muitas organizações não lhe dão a importância devida, entretanto esse sistema tem grande profundidade no que diz respeito ao comportamento humano, educação e disciplina. Exige liderança efetiva e com capacidade de sinergia para alcançar resultados significativos. A participação organizada, inteligente e disciplinada de todos os empregados pode se constituir em uma excelente ação para a redução dos custos e melhoria do desempenho de setores e de toda a organização.

Como implantar? Existem muitas consultorias especializadas no método em todo o Brasil. Não será muito difícil encontrar ajuda necessária para atender desde a micro até a grande empresa, prefeituras, governos e quaisquer outros tipos de organizações. De uma forma geral o processo de implantação segue os passos abaixo:

GAF_2016.05.04_08h52m28s_002_Nesse primeiro quadro, começamos com o Treinamento do 5S – 8 ou 16h dependendo das possibilidades da organização, sistema de trabalho, locais adequados e preparação didática básica. Um dos quadros, de grande importância é o registro do “Antes”, ou seja, fotografia de todos os setores ressaltando não conformidades organizacionais que poderão ser melhoradas. O processo vai até o “Dia D” quando se faz a primeira avaliação do projeto em termos de resultados. Veja agora o quadro seguinte:

GAF_2016.05.04_08h52m47s_003_Neste quadro ressaltamos a necessidade de avaliar e manter o 5S na organização através de um conjunto de ações e registros feitos pelo coordenador geral e também pelos gerentes de cada departamento.

Quanto mais motivados, melhores serão os resultados proporcionados pelos colaboradores. A coordenação disciplinada e criativa do método será de grande importância para o KAIZEN organizacional.

O método é simples, mas exige uma liderança real que distingue gerentes eficazes de chefes mandões. Esse é o pequeno segredo para se enfrentar crises permanentes.

Xô crise!

Fontes de pesquisa: UBQ’s, AGQ, CEBICT, Qualieng e casos reais de empresas e pesquisas na internet.

Um comentário em “Tudo vem das pessoas – enfrentando as crises permanentes”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *