FELIZ ANO NOVO – O que vai além do Champagne?

Chegamos ao final de 2019 enfrentando um ano cheio de obstáculos, problemas globais e locais e outros desafios igualmente importantes para a sobrevivência e ou crescimento das organizações. Agora é a hora de exercermos o habitual otimismo de final de ano potencializando nossos desejos pessoais e empresariais visando um 2020 repleto de boas oportunidades.

Em meio as festas e comemorações, muito justas por sinal, provocamos o “cair da ficha”, ou seja, até quando vamos sustentar nosso otimismo após o efeito dos brindes se passar?

Fizemos um quadro para checar nosso propósito e dar consistência aos nossos desejos de FELIZ 2020. Talvez estejamos sendo racionais demais, mas a intenção é boa e válida – precisamos transformar sonhos em planos, objetivos, metas e principalmente, em RESULTADOS, não é mesmo? Vamos ao quadro:

Em meio aos festejos você disse para os amigos “este ano de 2020 teremos o melhor resultado de vendas dos últimos 5 anos”. Você externalizou um sentimento verdadeiro a partir da experiência acumulada de décadas na liderança da empresa.

A proposta agora é dar consistência às visões, sonhos e desejos, e isto se faz com método, dedicação, comprometimento e liderança – do alto executivo até o funcionário da linha de frente.

O tema básico da figura é o PLANEJAMENTO – Onde estamos e onde queremos chegar. Alguns pontos são fundamentais neste momento:

1. PLAN – O planejamento intrínseco nos leva a questionar nossa capacidade e conhecimento do mercado/clientes. Esta avaliação está sendo bem feita? Retorna ao processo empresarial onde é decodificada e executada de acordo com as necessidades do mercado? Existem estudos internos que focam o “encantamento do cliente” via melhorias e inovação?

2. PROJ – As instalações estão dimensionadas de forma correta e que possibilite melhorias constantes na produtividade e agregação de valor ao cliente?

3. EXEC – A execução do produto ou serviço é livre de perdas, desperdícios em geral? Gerenciamos a qualidade no processo ou apenas na inspeção final?

4. USO – Temos mecanismo de comunicação interativa com os clientes de forma a permitir a avaliação do desempenho do produto ou serviço no pós venda? Este desempenho medido serve para melhorar nossos processo, produtos e serviços de forma contínua?

Enfim, de forma resumida (estamos apenas começando o 2020) a proposta é juntar a emoção do momento festivo com a razão da realidade que nos cerca. Os dois devem andar e mãos dadas.

Concluindo e voltando a verdadeira emoção do momento mágico, nossos desejos do Gestão e Resultados, de um ANO DE 2020, repleto de boas notícias, bons projetos, muita saúde e coragem para enfrentarmos os novos desafios.

Avante!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *