PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO X LA CASA DE PAPEL X COVID-19

Nesta postagem contamos com a participação e colaboração de Aline Sousa, gestora da empresa Vamtec Group. Sua experiência e conhecimento na área possibilita um texto claro e robusto na concepção e prática do planejamento estratégico.  Vamos ao texto:

A etapa de Planejamento estratégico é o pontapé inicial para a sustentabilidade das organizações.

Num cenário de constantes, rápidas e voláteis mudanças, a frequência de realização do planejamento precisa ser bem maior que há alguns anos. Os parâmetros a serem considerados no entanto não mudam e, nesse artigo gostaria de contextualizá-los com um fenômeno da TV espanhola, que, sem fazer juízo de valor, mostra o planejamento estratégico na prática. A série La Casa de Papel, resguardados os aspectos fictícios, tem nas mãos do seu líder, o Professor, o ideal de planejamento. Ressalto alguns pontos:

  • Determinação do contexto da organização – As questões externas e internas, que possam afetar a capacidade do grupo em atingir os resultados, são pontuadas e os riscos e oportunidades são estudados de forma abrangente. É assegurado que os integrantes da equipe entendam o contexto. As regras do jogo são claras.
  • Os riscos são utilizados como base para o planejamento.
  • São definidas diretrizes para assegurar que o resultado desejado seja atingido, além de serem definidos procedimentos para prevenir, minimizar ou reduzir resultados indesejáveis e ações de contingência definidas para cada um dos riscos e oportunidades.
  •  As mudanças (no geral) são planejadas com apoio pela liderança (o Professor) e suas consequências são consideradas.
  • A disponibilidade de recursos e sua realocação, bem como de responsabilidades e autoridades, são consideradas o tempo todo. Importante mencionar que o líder conhece a equipe (recursos humanos) e consegue direcioná-los para otimizar os resultados.
  • Embora o planejamento bem feito seja de suma importância para alcance dos resultados, sempre pode haver um risco não considerado, algo que saia do controle durante a execução do plano e que não foi previsto. Em La Casa de Papel <contém spoiler>, um dos personagens não executa o plano conforme o roteiro inicial, fazendo com que o caos se instale e toda operação comece a ruir. O que fazer numa situação como essa? Nesse momento, a principal solução é a atuação da LIDERANÇA. O Professor está durante todo o tempo acompanhando sua equipe, dando suporte, tomando decisões, muitas vezes difíceis, mas com firmeza e visão estratégica. É importante não romantizar a situação e perceber que, apesar da maestria do Líder para contornar os problemas, os prejuízos existirão e muitas das vezes não serão pequenos, mas minimizados.
  • A COVID- 19 é, nesse momento, o risco não considerado e o maior inimigo das diferentes organizações e países. Ouvimos na mídia posicionamentos diversos, as vezes bem colocados, outras não, mas devemos considerar que nossos líderes estão sendo colocados a prova contra o desconhecido, tendo que assumir diariamente responsabilidades que tem consequências para todos nós. Tudo muda muito rápido. Novas alternativas devem ser exploradas pelo bem da saúde financeira das organizações. Nesse contexto, podemos considerar dois princípios da Qualidade como essenciais num momento em que o planejamento passa a ser praticamente diário: Liderança e Engajamento de Pessoas. Manter as equipes motivadas e otimistas, pensar junto e enxergar fora da caixa buscando soluções inovadores para driblar a crise, mantendo a saúde das organizações e das pessoas.

Em resumo, veja o conjunto dos tópicos na representação do diagrama de Ishikawa

 

 

Parafraseando Napoleon Hill “o que a mente do homem pode conceber e acreditar, pode ser alcançado”.

Que mantenhamos a força, foco e fé para que todo tipo de prejuízo seja minimizado e as boas oportunidades possam ser aproveitadas ao máximo para o bem da economia e das pessoas.

Aline Sousa de Caux

Áreas de atuação: VAMTEC GROUP – Pesquisa e Desenvolvimento, Gestão da Qualidade e Meio Ambiente, Controle da Qualidade

Um comentário em “PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO X LA CASA DE PAPEL X COVID-19”

  1. A empresa que consegue transmitir os conceitos de um PDCA e 5W2H aos seus colaboradores está muito menos vulnerável às surpresas e imprevistos que podem comprometer seu planejamento estratégico. São conceitos de fácil assimilação , motivacionais, integrativos , interativos e muito eficazes para a sustentabilidade das empresas. Os SUSTOS são superáveis !!.
    Se praticados nos diversos setores da empresa sem burocracia e com mais planejamento e ações mais rápidas , os problemas se transformam em “marolinhas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *