Thiago Abreu
IMÓVEL PARA VOCÊ

porThiago Abreu

Jan 2021
13
Thiago Abreu
IMÓVEL PARA VOCÊ

porThiago Abreu

Jan 2021
13

Presente nos principais bairros de Vitória

A Mazzini atua no mercado da construção civil do Espírito Santo, sempre com pioneirismo e referência em inovações e tecnologias sustentáveis. Presente nos principais bairros de Vitória, a empresa tem dois empreendimentos fora desse eixo, quando escolheu construir nas cidades de Guarapari e Linhares. Atualmente, a prioridade da Mazzini é estar nas melhores localizações dos bairros, sempre próximo dos principais serviços. O primeiro empreendimento da empresa, o edifício Chambertin, na orla de Camburi, marcou o posicionamento estratégico adotado pela construtora, que é estar presente nas melhores localizações. Outro ponto de destaque é o edifício Siena, na Mata da Praia. Ele foi a estreia da laje plana protendida e o primeiro empreendimento da Mazzini com um apartamento inteiro em drywall, com início em 1997. Ao citar novamente a localização como ponto de destaque, o edifício José Paulino, que começou a ser executado em 2001, na rua Joaquim Lírio, foi o primeiro da construtora, na Praia do Canto, estreando o “novo miolo” do bairro.

Para as férias do verão capixaba, a cidade de Guarapari foi escolhida para acolher o Jubarte, empreendimento na Praia de Peracanga, na Enseada Azul. A construção foi um marco pela saída da empresa da capital capixaba pela primeira vez. O Parque Jequitibá, em Bento Ferreira, também foi essencial na história da Mazzini. O empreendimento trouxe a estreia da infraestrutura para recarga de carro elétrico às obras da construtora. Na mesma linha de diferenciais tecnológicos, o JL’67, na rua Joaquim Lírio, Praia do Canto, tomou o posto de protagonista. A partir dele, ocorreu a transição do posicionamento da empresa diante do mercado, com uma nova forma de entender o produto ofertado. Fechadura eletrônica na entrada dos apartamentos, reaproveitamento de água de ar-condicionado, gerador de energia para áreas comuns, infraestrutura para tomada de carro elétrico e para ar-condicionado nos quartos e sala são alguns dos destaques do empreendimento. Último lançamento da Mazzini, o 265 Brooklyn, no Barro Vermelho, foi apresentado como a melhor opção para quem deseja apostar em um investimento com retorno certeiro e seguro. O projeto é repleto de inovações, como o fato de ser o primeiro empreendimento com pista de pouso para drone na região – um marco na inovação.

Boas expectativas para movimentar 2021

Após um ano repleto do inesperado, cheio de lutas, obstáculos ultrapassados e batalhas vencidas, 2021 surge como um pote de ouro no fim do arco-íris. Novos planos, objetivos e metas, todos traçados a partir de esperanças renovadas. É assim que a Mazzini pretende construir – no sentido literal da palavra – o que vem pela frente. “As expectativas são as melhores possíveis. O mercado imobiliário vai viver um momento muito especial em 2021, o melhor dos últimos 10 anos, sem sombra de dúvidas”, falou o gerente geral de vendas e desenvolvimento de novos negócios da Mazzini, Hermann Schneider.

Existem diversos fatores que justificam as boas expectativas para o ano: o estoque de unidades em construção na Grande Vitória é o mais baixo dos últimos 12 anos; a demanda está naturalmente e em ascensão (pessoas casaram-se, separaram-se…); e as taxas de juros, que fomentam a indústria da construção, são as menores da história. “Para o nosso mercado, isso significa mais recursos, tanto para os incorporadores buscarem novos terrenos, quanto para os consumidores finais, que já estão com taxas muito atrativas para a compra dos imóveis”, explicou Schneider. O tempo é, então, de se preparar para o futuro com as mangas arregaçadas, porque, na visão da Mazzini, trabalho não vai faltar.

Postado Agora

Financiamento da casa própria vai ser possível pelo Caixa Tem

Se você está buscando a chance do financiamento da casa própria em 2021, agora terá uma grande oportunidade. Isso porque o Microcrédito do programa Casa Verde e Amarela, que substituiu o Minha Casa Minha Vida, deve ser liberado pelo aplicativo em breve. Além disso, a expectativa é de que a medida deva tornar o banco digital com transações autorizadas pelo Banco Central em até seis meses. Praticidade e rapidez no smartphone.

Postado Agora

10 milhões de pessoas como meta inicial

De acordo com o presidente da CAIXA, Pedro Guimarães, o banco poderá atender, inicialmente, cerca de 10 milhões de pessoas para o financiamento da casa própria. Além disso, Guimarães afirmou que “não há a menor possibilidade” de uma operação dessa grandeza não ser via banco digital”. Guimarães deu a declaração durante coletiva de imprensa para apreciação de resultados sobre o banco e os serviços do Caixa Tem. Guimarães também afirmou a Caixa confirmou o uso do Pix para ser utilizado em conjunto com o financiamento da casa própria pelo Caixa Tem.

Postado Agora

Crédito imobiliário e digitalização bancária

Segundo a Caixa, cerca de 85% do crédito imobiliário disponibilizado pelo banco é de origem dos correspondentes bancários. Entre eles, estão lotéricas e correspondentes bancários, por exemplo. Hoje, esses pontos atuam principalmente em locais onde não há agências. Portanto, a Caixa espera que, com a chegada do banco digital e seu funcionamento, todas as pessoas atendidas possam deixar de ter dificuldades na prestação de serviço. “A bancarização é um fato. Essas pessoas entraram via Caixa Tem, se bancarizaram e hoje já têm movimentação bancária, inclusive no Pix”, comentou Guimarães.

As informações/opiniões aqui escritas são de cunho pessoal e não necessariamente refletem os posicionamentos do Folha Vitória

Pular para a barra de ferramentas