Rodrigo Barbosa: “Estarmos atentos às necessidades sociais é nossa obrigação”

Natural de Colatina, Rodrigo Barbosa Gomes é economista formado pela Ufes, casado e pai de quatro filhos. Iniciou sua trajetória na construção civil há 23 anos, produzindo edificações para terceiros incorporadores. Cinco anos depois, decidiu empreender e montou a sua própria construtora, estando hoje à frente da Grand, da qual é presidente há oito anos. 

A Grand Construtora já construiu e entregou centenas de imóveis, correspondendo a mais de 270 mil metros quadrados de obras. Em 2021, a empresa lançou seu primeiro empreendimento em Vitória, o Grand Suá Tower, que foi 100% vendido. Também lançou o Nautic Bay, na Praia de Itaparica, com mais de 75% das unidades vendidas só no lançamento.

Mas o grande destaque de 2021 foi o lançamento do Taj Home Resort, o maior empreendimento imobiliário do estado, uma obra grandiosa que soma um valor geral de vendas de mais de R$ 1 bilhão.

 

Você foi eleito líder no seu segmento de atuação por votação popular. A que atribui sua vitória? Por que as pessoas o elegeram líder?

Todo reconhecimento é motivo de muita alegria, mas, sem dúvidas, a votação popular, por envolver um número tão expressivo de pessoas, muitas delas nossos clientes, de fato tem um valor especial. A minha trajetória, desde o início da Grand Construtora, foi marcada por muito trabalho e persistência na execução de ideias que, a princípio, pareciam grandes demais. Hoje colhemos frutos extraordinários dessa perseverança. Acredito que o público tem acompanhado essa evolução da empresa, e mais esse título comprova que está na torcida.

 

Qual seu conceito de liderança?

A verdadeira liderança nasce da admiração. Acredito que uma grande função do líder é inspirar. E essa é uma grande responsabilidade. O que tento passar para a minha equipe é que sonhar é muito importante, mas só tem sucesso quem corre atrás e executa seu sonho. Não importa qual seja, trabalhe e realize.

 

Por que é importante ter uma liderança positiva e como praticá-la?

Liderança é uma ação, e não posição. O nosso exemplo é por si só uma influência positiva. Minha equipe é parte fundamental para o sucesso da empresa. Como ela sabe dessa minha visão, tudo flui naturalmente. Somos uma grande equipe em prol de um objetivo comum.

 

Na sua avaliação, como é possível encontrar o equilíbrio e desenvolver uma liderança mais humana, capaz de engajar pessoas?

O maior desafio de um líder é conseguir contagiar toda a equipe com o mesmo sonho. Tenho muito orgulho em dizer que na Grand todos sonham juntos. Cada vitória é compartilhada, pois todos têm participação e envolvimento genuíno em cada projeto. Isso faz toda a diferença.

 

Quais comportamentos e habilidades precisam estar mais desenvolvidos no líder?

Saber ouvir. Se não ouvirmos, a empresa fica do seu tamanho, e isso é muito pouco. E constante transformação. O fato de a Grand estar buscando projetos cada vez mais inovadores e diferenciados já é um desafio que cria um combustível natural para toda a equipe.

 

Qual o papel do líder para a garantia da diversidade na companhia?

Quando você enxerga todos iguais e capazes, isso acontece de uma maneira muito natural. O respeito às diferenças não é um valor negociável.

 

A quais outras pautas e temas o líder precisa estar atento nos dias atuais?

Somos líderes de pessoas. Estarmos atentos às necessidades sociais é nossa obrigação. A responsabilidade social, ambiental e cultural é uma preocupação cada vez maior da Grand e necessária para todas as empresas.

 

Quais foram seus maiores desafios e conquistas até hoje enquanto líder?

Cada novo projeto traz seus próprios desafios. Mas o meu maior desafio à frente da Grand foi lançar o maior empreendimento imobiliário do Espírito Santo, o Taj Home Resort. Pelo tamanho e ousadia do projeto, enfrentamos muitas adversidades, mas hoje ele é uma realidade e um sucesso de vendas. É preciso acreditar muito no seu sonho e trabalhar demais para torná-lo realidade. Mas vale muito a pena.

 

Qual é, para você, o futuro da liderança? Que habilidades precisa ter o líder do futuro?

Não vejo este hiato: líder de hoje, líder do futuro. Afinal, um dos muitos predicativos que um líder precisa ter é estar em constante adaptação aos novos tempos.

 

Patrocínio

Apoio