Ricardo Frizera
MUNDO BUSINESS

porRicardo Frizera

Dez 2019
7
Ricardo Frizera
MUNDO BUSINESS

porRicardo Frizera

Dez 2019
7

Fraudes mais comuns envolvem pirâmides e seguros

Uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira (4) revela o problema dos golpes financeiros do país: 11% da população já foi vítima de alguma fraude do tipo. Esse número representa mais de 22 milhões de brasileiros. Entre eles, 62% afirmam não ter conseguido reaver as perdas.

Entre os golpes mais comuns está a pirâmide financeira, citada 55% das vítimas. A pirâmide se refere a um golpe em que o pagamento das pessoas no "topo" está condicionado à entrada de novos "investidores". Além disso, 19% dos entrevistados afirmam já ter sido prejudicados por segurados e 16% por fundos antigos de aposentadoria.

COMO IDENTIFICAR UM GOLPE FINANCEIRO

Esse tipo de fraude costuma sempre apresentar algumas características. A apresentação de investimentos com rentabilidade garantida ("ganhe de 1% ao dia") ou alta demais (10% ao mês), por exemplo, costuma caracterizar golpes. Fique de olho também em "aplicações" apresentadas por pessoas conhecidas, principalmente as que dizem investir em criptomoedas, forex (câmbio) e com o auxílio de "robôs". Se algo levantar suspeitas ou parecer bom demais, não corra o risco. Lembre-se que os investidores mais habilidosos do mundo, como Warren Buffet, apresentam uma rentabilidade não muito distante de 30% ao ano em bons períodos,

Para garantir que seu investimento é seguro e prevenir fraudes, consulte um Agente Autônomo de Investimentos credenciado pela Ancord e consulte o registro de corretora de investimentos no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Quando contratar seguros, lembre de consultá-lo no órgão responsável (susep.gov.br) e certifique que a seguradora não está passando por dificuldades financeiras. Tome sempre cuidado e bons investimentos!

Começou ontem o Startup Summit em Vitória; evento continua até domingo

Na noite de ontem ocorreu a abertura do Circuito Startup Summit, organizado pelo Sebrae, na Praça do Papa, em Vitória. No palco “Arena do Conhecimento” autoridades e influenciadores deram início às atividades.

O gerente nacional de Inovação do Sebrae, Paulo Renato, afirmou que mesmo entre os estados mais populosos e ricos do sudeste, o Espírito Santo foi escolhido pela performance espectacular nos programas nacionais no Sebrae e pelas iniciativas “fantásticas” do ecossistema empreendedor capixaba.

O prefeito da capital, Luciano Rezende, destacou que um dos focos de sua gestão foi investir em infraestrutura e suporte para o ambiente de inovação, com destaque para a Fábrica de Ideias.

Na arena ‘Startup Weekend’, onde os participante vão criar startups em 54 horas, houve a formação dos times e construção das apresentações das ideias de empresas.

O evento continua durante todo o final de semana, na Praça do Papa. As inscrições para visita ainda estão abertas no site do evento.

Postado Agora

Brasil está entre os países com mais startups criadas por estudantes

O dado é de um relatório elaborado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e mostra a importância do empreendedorismo jovem no país, o que atrai a atenção de grandes empresas. Foram analisadas mais de 400 mil empresas inovadoras em 199 países. No Brasil, das 290 startups analisadas, 12% são fundadas por estudantes, uma das maiores proporções registradas. Quem veio ao 'Startup Weekend' em Vitória (foto), pode perceber do apetite dos jovens pelo empreendedorismo.

Postado Agora

Esquema de pirâmide tinha R$253 milhões em contas bancárias

O emblemático caso da Unick Forex, esquema de pirâmide descoberto em 2019, serviu de alerta para as dimensões que esse tipo de fraude pode ganhar. Quando suspeitas começaram a ser levantadas acerca da Unick, houve uma redução de novos entrantes na "pirâmide" e muitos pedidos de saque, o que levou o esquema à falência. A Polícia Federal investigou o caso e descobriu R$253 milhões de reais guardados em contas relacionadas à Unick. O número de vítimas da Unick Forex está na casa dos milhares.

Postado Agora

Empresa mais valiosa do mundo entra para a bolsa de valores

A Saudi Aramco, empresa de petróleo Saudita, bateu o recorde de captação e levantou R$ 25,6 bilhões em sua Oferta Pública Inicial (IPO), configurando a maior oferta de ações da história. Foi vendido um total de três bilhões de ações, equivalente a 1,5% do capital social da empresa, por cerca de US$ 8,53 por ação. Dessa forma, a companhia foi avaliada em US$ 1,7 trilhão, valor superior às cinco maiores petrolíferas somadas, de acordo com o Financial Times.

Pular para a barra de ferramentas