Ricardo Frizera
MUNDO BUSINESS

porRicardo Frizera

Jan 2020
17
Ricardo Frizera
MUNDO BUSINESS

porRicardo Frizera

Jan 2020
17

Clientes já deixaram de gastar R$3,5 mi após uso de energia solar

No Brasil, a falta de competitividade na geração de energia elétrica leva aos altos preços da eletricidade. De acordo com o Dieese, o brasileiro médio chega a gastar 20% do salário mínimo para pagar a conta de energia elétrica.

No entanto, com mudanças regulatórias, métodos mais baratos de geração de energia vêm ganhando mais espaço. Esse é o caso da energia solar, que desde 2012 ganhou mais de 170 mil sistemas de geração no Brasil.

No Espírito Santo, a GetPower Solar vem levando sistemas de geração autônoma de energia solar para residências e empresas (a pessoa instala um telhado gerador na sua residência ou empresa, o que chamamos de geração distribuída de energia). Segundo os fundadores da empresa, Augusto Dalla e Rodrigo Queiroz, a economia com a energia solar pode chegar a 95% sobre a fatura de energia comum.

Eles estimam que seus clientes já economizaram mais de R$ 3,5 milhões com os sistemas de energia solar. "Isso permite que as famílias invistam no lazer, na qualidade de vida: onde realmente importa", comenta Augusto Dalla.

Além dos benefícios econômicos, o meio ambiente também ganha: eles estimam que as instalações da Getpower evitaram a emissão de 543 toneladas de gás carbônico e pouparam 27 mil árvores.

Segundo Queiroz, apesar dos benefícios, um dos principais desafios para a introdução de sistemas geradores de energia solar em empresas é que elas preferem destinar capital para suas atividades principais do que para geração de energia.

Com essa desafio, Dalla e Queiroz vieram com uma solução: eles fazem uma espécie de 'financiamento estendido', no qual eles alugam o sistema de geração de energia solar por um determinado período de tempo, e, após esse prazo, as máquinas passam a ser do cliente. "O objetivo é tornar a energia solar realmente acessível a empresas e famílias", complementa Queiroz.

O co-fundador da GetPower Rodrigo Queiroz afirma que agora é o melhor momento para fazer nesse tipo de investimento uma vez que o custo de produção de energia solar está em níveis mínimos históricos. "É improvável que o barateamento da energia solar no futuro seja maior que o retorno que o consumidor terá ao realizar esse investimento hoje", argumenta.

Para fomentar o mercado de energia solar e formar a mão de obra qualificada necessária, a GetPower desenvolveu a Academia do Sol, que conta com a parceria da Fortlev. No curso oferecido 'Mestre Fotovoltaico', o participante se qualifica para entrar no mercado de energia solar, que já cresce 300% ao ano.

Fapes lança edital de R$10 milhões para spin-offs e empresas inovadoras

Em janeiro, a Fapes lançou um edital de R$ 10,2 milhões para apoiar projetos empresariais inovadores e spin-offs, isto é, quando uma nova empresa é pensada e originada dento de outra companhia. Os recursos são provenientes do Fundo de Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Funcitec/MCI).

Segundo a Fapes “as propostas podem receber investimentos de até R$300 mil para desenvolver soluções de renovação em seus respectivos segmetos, criação de produtos e prospecção de mercados.”

As duas modalidades serão 1) Projetos Empresariais inovadores, voltado para projetos inovadores em empresas já constituídas, que receberá um total de R$7,2 milhões; 2) Projetos Empresariais Desenvolvidos em Spin-Offs, aos quais serão destinados até R$3 milhões.

Hoje, das 16h às 18h, a Fapes, em parceria com o Findeslab, vai realizar um evento para discutir esse edital no escopo de atuação da ‘Mobilização Capixaba para Inovação’. Inscrições no link bit.ly/2Tb1ESB

Postado Agora

APX Investimentos recebe título de Destaque Planejamento Empresarial

A APX Investimentos, escritório de investimentos associado ao BTG Pactual, recebeu o título de Destaque de Planejamento Empresarial de acordo com o ranking do BTG Pactual. "O título que recebemos só nos mostra que estamos no caminho certo na busca por nossos objetivos", comemora Pedro Chieppe, head da instituição.

Postado Agora

Visionário que apostou na XP em 2010, faz palestra hoje em Vitória

Chu Kong, um dos homens mais importantes na trajetória de sucesso da XP, está em Vitória nesta sexta-feira (17) para duas palestras no auditório da Valor Investimentos. Segundo o CEO da XP, Guilherme Benchimol, ele foi um dos primeiros investidores a acreditar e investir na corretora ainda em 2010. Ele falará sobre o novo fundo de 'Private Equity' da XP, que estará sob seu comando.

Postado Agora

Vendas de Natal chegam a quase R$4 bi no ES

Segundo a Fecomércio, o comércio capixaba superou as expectativas no período de Natal. Entre o dia 01/12 e 24/12 as vendas movimentaram R$3,75 bilhões de reais, o que representa um valor 26% acima do registrado em 2018.

As informações/opiniões aqui escritas são de cunho pessoal e não necessariamente refletem os posicionamentos do Folha Vitória

Pular para a barra de ferramentas