Mar 2020
17
Ricardo Frizera
MUNDO BUSINESS

porRicardo Frizera

Mar 2020
17
Ricardo Frizera
MUNDO BUSINESS

porRicardo Frizera

Momento de baixa procura proporciona passagens "de graça" para segundo semestre 2020

O setor de viagens está passando por uma crise desde fevereiro, afinal, com a pandemia de coronavírus, a última coisa que as pessoas pensam é em viajar. Segundo associações do setor de viagens, a taxa de cancelamento de viagens vai a 85%. Juliana Magalhães, diretora comercial da Tia Zirinha Viagens, afirma que nenhuma epidemia ou desastre natural gerou um impacto tão grande quanto a pandemia de coronavírus.

A principal indicação de Juliana é que os brasileiros que estejam no exterior retornem o quanto antes, sob o risco de terem sérias dificuldades. “Devido à pandemia de coronavírus, a europa está sendo aos poucos lacrada e os voos considerados não essenciais para lá estão sendo suspensos. A American Airlines já tomou a decisão de suspender voos para o Brasil e outras companhias devem seguir.”

Para passageiros com viagens marcadas, a maior demanda é por adiamento das viagens, que, segundo Juliana, está sendo compreendida pelas empresas de turismo.

“Recebemos informações que seguradoras e operadoras de cruzeiros estão oferecendo crédito para que o passageiro possa utilizar para viajar quando a situação for superada. Os parques da Disney, fechados até o fim de março, estão permitindo que o uso dos ingressos de acesso sejam utilizados até o fim do ano. Hotéis, companhias aéreas e agências de viagem estão se mobilizando para que o cliente não perca sua viagem devido a uma situação fora de seu controle.”

Já os passageiros que estão retornando de viagens do exterior, a Tia Zirinha está emitindo recomendações de quarentena voluntária. “Para quem não tem sintomas, recomenda-se uma semana de quarentena em casa, podendo se estender por mais uma semana caso o viajante apresente sintomas como febre, tosse e dificuldades respiratórias. Acredito que todos estão tomando responsabilidade por conter a propagação do novo coronavírus”, observa Juliana.

Contudo, profissionais do setor afirmam que no horizonte de alguns meses, as viagens devem se normalizar. Assim, Juliana diz que o momento de pânico é propício para buscar oportunidades de viagens baratas para o Brasil e exterior.

OPÇÕES NACIONAIS PREDOMINAM NO MOMENTO, PARA ANDREIA GOMES

Para Andreia Gomes, da Vitória Viagens, a situação para o setor de viagens é delicada e os consumidores não estão buscando viagens no momento.

Dentre os poucos que estão marcando viagens, a maioria são de opções nacionais. As viagens internacionais vem sendo afetados pelo dólar e pelo coronavirus, e devido ao cenário vigente estão sendo marcadas a partir do segundo semestre deste ano.

Andreia afirma ainda que os cancelamentos funcionam para quem deseja realizá-los, mas depende das políticas de cada companhia.

Evento 'Marcas Ícones' será realizado online

Os resultados do evento Marca ícones 2020, realizado pela Rede Vitória em conjunto com o Ibope Inteligência , serão divulgados em live especial pela primeira vez, exclusiva para convidados.

O evento de lançamento da pesquisa Marcas Ícones 2020, que aconteceria nesta manhã, no Cinemark Shopping Vitória, foi cancelado e substituído pela transmissão ao vivo.

A subsituição de eventos presenciais por transmissões online já está se tornando prática comum em eventos, palestras, faculdades e organizações no Espírito Santo de forma a retardar o avanço da pandemia que aflinge o mundo.

O propósito do evento anual ‘Marcas Ícones’ é premiar as marcas com maior ‘recall’, isto é, que são mais lembradas pelo público capixaba em cada setor.

Postado Agora

Em meio a crise de saúde global, faculdade capixaba inova

A Fucape Business School suspendeu as aulas presenciais entre os dias 16 e 28 de março e foi a primeira faculdade capixaba a implantar de maneira temporária aulas telepreseniciais em meio a essa crise. Mais uma inovação bem-vinda.

Postado Agora

Governo Federal lança pacote econômico contra coronavírus

Hoje o Ministério da Economia anunciou um pacote em resposta coronavírus com R$ 147,3 bilhões de impacto. São até R$ 83,4 bi para a população mais vulnerável, até R$ 59,4 bi para a manutenção de empregos e R$ 4,5 bi do saldo do DPVAT para o SUS.

Postado Agora

Governo do estado declara emergência e fecha escolas

Após o anúncio de emergência na saúde pelo governo do estado, em meio à pandemia de coronavírus, as escolas públicas suspenderam aulas e diversas faculdades e escolas privadas adotaram a mesma medida. Aos poucos, algumas empresas já adotam o home-office até a normalização do cenário. Evitar contato excessivo com outras pessoas é um dever neste momento.

As informações/opiniões aqui escritas são de cunho pessoal e não necessariamente refletem os posicionamentos do Folha Vitória

Pular para a barra de ferramentas