Abr 2020
3
Ricardo Frizera
MUNDO BUSINESS

porRicardo Frizera

Abr 2020
3
Ricardo Frizera
MUNDO BUSINESS

porRicardo Frizera

O objetivo é criar soluções privadas para solucionar problemas públicos, afirma Aridelmo

O fundador da Fucape Business School e coordenador do Inspira ES, Aridelmo Teixeira, se uniu ao Sicoob ES para auxiliar famílias de micro-empreendedores que passam por extrema dificuldades financeiras durante essa crise.

“A população entendeu que neste momento o isolamento social é importante, e está em casa. Contudo, diversos empreendedores que trabalhavam pela refeição diária perderam seu sustento por conta paralisação. É uma situação gravíssima, muitos correm risco de fome.”

Assim, o Inspira ES se junta ao Sicoob para desenvolver uma ferramenta de apoio social. A ideia é doar cartões Inspira EmpreendedorES, um vale-alimentação com R$100,00 a R$200,00 para famílias que estão sofreram com perdas substanciais de renda. Com isso, o objetivo é que o crédito seja utilizado no comércio local. “Além de garantir a sobrevivência dessas famílias, movimenta os mercados e mercearias locais, que são fortemente afetados durante a paralisação”.

O diretor executivo do Sicoob ES, Nailson Dalla Bernardina, explica que a cooperativa disponibilizou para o Inspira ES os serviços do cartão Coopcerto Cabal para que possa ser realizado ação social no enfrentamento da pandemia do Covid-19. Segundo Teixeira, o Sicoob abriu mão de todas as taxas e custos envolvidos, o que garante que o dinheiro seja completamente direcionado à economia local.

Aridelmo explica que “o perfil das pessoas que precisamos é que seja um empreendedor, aquela pessoa que trabalha por conta própria como por exemplo: tem um carrinho de pipoca, vende salgado na rua, picolé na praia, pastel na feira, faz doces, pães para vender, que não tem nenhum vínculo empregatício, não participam de nenhum outro programa de transferência de renda (tipo bolsa família) e nem seja aposentado, esses são alguns exemplos.”

O local escolhido para o início do projeto foi a comunidade da Piedade, em Vitória, que foi “massacrada no ano passado, tendo moradores expulsos de sua casa pela ausência do Estado. Nos unimos a líderes locais para mapear as famílias com maior necessidade.”, explica Aridelmo.

O objetivo do Inspira ES com esse projeto é mostrar que é possível criar uma solução privada para um problema público. “Junto ao Sicoob, vamos desenvolver esse modelo de apoio social e criar um modelo que possa ser replicado pelo Governo Federal, por exemplo, que tem dificuldade de alcançar autônomos e pequenos empreendedores fora de programas de transferência de renda”, finaliza Aridelmo.

Faça sua doação: Banco SICOOB (756) Agência 3010, Conta-Corrente 88.826-5, Insituto Fucape de Tecnologias Sociais, CNPJ: 20.317.623/0001-08

Palavra do Especialista

Geração fotovoltaica lidera investimentos no setor de energia

Seguindo os avanços dos últimos anos, o ano de 2019 foi marcado pelo crescimento exponencial das fontes renováveis. Em nível mundial, os números atingiram a marca de 19,5 gigawatts (GW), alcançando a cifra de US$ 30 bilhões de investimentos estimados em projetos de geração de energia limpa. Em 2020 não está sendo diferente e o ano já começou a todo vapor no setor elétrico, com destaque para energia solar fotovoltaica. Até o momento, já foram divulgados cinco leilões para o primeiro semestre.

Diante das respectivas projeções, não restam dúvidas que os empreendimentos voltados para as energias renováveis estão em constante ascendência, em especial o nicho solar fotovoltaico. Válido destacar que a previsão para o ano de 2020 a fonte solar receberá aproximadamente R$ 19,7 bilhões de investimentos, incluindo geração distribuída e centralizada.

Por fim, o Governo Federal estima – através do plano de expansão do parque energético até 2029 – que a energia solar deve quadruplicar no Brasil nos próximos 10 anos, com expectativa de R$ 2,3 trilhões de investimentos necessários em todo o setor no período.

Postado Agora

Sicoob reestrutura dívidas em meio à crise

Em meio à crise provocada pelo coronavírus, o Sicoob anunciou medidas para O Sicoob ES também está fazendo ações direcionadas para prorrogação e reestruturação e dívidas, além que aumentar limites emergenciais e reduzir taxas de juros.

Postado Agora

Volume de recursos ultrapassa R$ 3 bi

O estímulo para os associados envolve um volume de recursos que ultrapassa R$ 3 bilhões. A expectativa é de impactar mais de 110 mil associados e movimentar algo próximo a R$ 3 bilhões até 30/09/2020.

Postado Agora

Redução de juros

As possibilidades incluem a prorrogação das parcelas de crédito em até 90 dias, a reestruturação de dívidas e a redução de até 11,68% nas taxas de juros de algumas modalidades de crédito.

As informações/opiniões aqui escritas são de cunho pessoal e não necessariamente refletem os posicionamentos do Folha Vitória

Pular para a barra de ferramentas