Ricardo Frizera
MUNDO BUSINESS

porRicardo Frizera

Maio 2020
27
Ricardo Frizera
MUNDO BUSINESS

porRicardo Frizera

Maio 2020
27

Plataforma utiliza big data e geolocalização para gerar dados sobre epidemia

O combate à pandemia do coronavírus no Espírito Santo pode ganhar, em breve, uma nova aliada: a inteligência epidemiológica. Trata-se da iniciativa “Dados do Bem”, fruto de parceira do Instituto D´Or de Pesquisa e Ensino e a Zoox Smart Data.

“Há uma necessidade urgente de trazer inteligência de dados, iluminada pelo conhecimento científico disponível, para guiar decisões estratégicas sobre como identificar, predizer e bloquear a disseminação da Covid-19. Essa iniciativa de interesse público resulta de um compromisso social do IDOR e da sensibilidade dos fundadores da Zoox, que uniram suas expertises para lançar o projeto em tempo recorde”, destaca o presidente do Conselho do IDOR, Jorge Moll Neto.

Um dos idealizadores do Dados do Bem e CEO da Zoox, Rafael de Albuquerque, nos apresentou a plataforma. O ponto de partida do “Dados do Bem” é um aplicativo gratuito disponível para Android e iOS. Nele, o usuário preenche um cadastro e responde a um simples questionário de autoavaliação, com perguntas sobre sintomas associados à Covid-19 e histórico de saúde.

A partir dos dados fornecidos pelo usuário, a plataforma indica a possibilidade de ele estar infectado pelo novo coronavírus. Não se trata de um diagnóstico, mas de uma avaliação de sinais clínicos e epidemiológicos. Uma amostragem das pessoas cujas respostas ao questionário apontarem para uma alta probabilidade de Covid—19 poderá ser chamada para a realização de testes imunosorológicos.

A seleção de alguns indivíduos para testagem presencial de coronavírus proporciona uma amostra populacional para o estudo da propagação da Covid-19. O objetivo do “Dados do Bem” não é testagem em massa, mas sim um estudo epidemiológico baseado em amostragem. Vale ressaltar que todos que preenchem o questionário de autoavaliação já estão colaborando com a iniciativa, mesmo aqueles que não são convocados para fazer testes.

Todas as informações são disponibilizadas de forma gratuita para os governos com o objetivo de oferecer mais clareza na implementação de políticas públicas.

Por meio dos mapas de calor, por exemplo, as autoridades conseguem identificar os bairros com maior concentração de infectados e implementar políticas pontuais para aquela região, privando regiões com baixa incidência do coronavírus de medidas mais severas.

Atualmente, o app Dados do Bem, disponível nas lojas de celular, já conta com 205 mil downloads e está em processo de expansão pelo Brasil através de embaixadores.

No Espírito Santo, o empresário e embaixador da plataforma, Marcus Buaiz, apresentou a proposta de implantação ao governo do Estado. Após parecer favorável do governador Renato Casagrande, a proposta foi encaminhada à Secretaria de Saúde, comandada por Nésio Fernandes, e aguarda implementação.

Sobre as expectativas para a aprovação do uso da plataforma no ES, conversamos com o embaixador da iniciativa e empresário, Marcus Buaiz.

Marcus Buaiz: “o custo é zero e o resultado prático foi comprovado no Rio de Janeiro”

Após anos morando em São Paulo, Marcus Buaiz, empresário capixaba, retorna à sua terra natal, Espírito Santo, por dois meses — vai morar na Serra com sua esposa. Durante a passagem pelo estado, Buaiz vai apoiar projetos sem fins lucrativos, dentre eles, o Dados do Bem.

O empresário apresentou o projeto ao governador e recebeu parecer positivo. O processo agora está em fase final de aprovação e deve em breve ser implementado.

Buaiz avalia que “não há motivos para não implementar: o custo é zero e o resultado prático já foi comprovado na cidade do Rio de Janeiro. Em tempos em que a ocupação de leitos de UTI no estado já ultrapassa os 80% e o número de casos chega 10 mil, é urgente que os estados inovem no uso de ferramentas no combate à pandemia”.

Buaiz acredita que a plataforma pode também ajudar a alcançarmos o equilíbrio entre preservação de vidas e atividade econômica, já que cria clusters de incidência da Covid-19 e aumenta a eficiência da implementação do isolamento social. Agora, a expectativa é da aprovação pela SESA: “esperamos que a Secretaria de Saúde acolha o projeto o mais rápido do possível. Estamos levando ao ES uma inteligência a custo zero que pode salvar inúmeras vidas”.

Postado Agora

Shopping Vitória promove live com Guilherme, sócio da Baker Tilly

A transmissão faz parte do SV Essencial, uma séria de iniciativas voltadas para preparar os lojistas para o retorno das atividades. A medicação das lives é feita por este colunista.

Postado Agora

Tema é gestão tributária e financeira durante crise

Guilherme abordou de forma prática como empreendedores podem fazer uso das medidas de prorrogação ou adiamento dos tributos, que, segundo ele, objetivam "não sufocar o caixa das empresas durante a crise."

Postado Agora

"Now For Tomorrow"

O sócio da Baker Tilly também falou sobre a filosofia da consultora, traduzida como "hoje, pelo amanhã", que pode ser aplicado por diversas empresas neste momento de crise.

Postado Agora

Antecipando tendências

Guilherme explica que "hoje, pelo amanhã" é uma busca diária pela antecipação de tendências, em busca de se adaptar a um mundo em constante disrupção.

As informações/opiniões aqui escritas são de cunho pessoal e não necessariamente refletem os posicionamentos do Folha Vitória

Pular para a barra de ferramentas