Out 2020
7
Ricardo Frizera
MUNDO BUSINESS

porRicardo Frizera

Out 2020
7
Ricardo Frizera
MUNDO BUSINESS

porRicardo Frizera

Hospitais-empresa profissionalizam gestão e investem em tecnologia em prol dos pacientes

Durante boa parte da história do Espírito Santo e do Brasil, predominaram hospitais centrados em ‘médicos-ícones’, administrados de forma amadora, além das instituições filantrópicas.

Mas recentemente, com o avanço da medicina e o surgimento de inúmeras especialidades, não era mais possível um médico centralizar todos os cuidados. Esse fenômeno motivou o surgimento de hospitais de médicos, formados por diversos especialistas. Esse modelo durou aproximadamente até 2010, quando surgiram os hospitais-empresa.

“O setor de saúde foi um dos últimos a passar pelo processo de profissionalização devido à complexidade de uma operação que nunca para e o desafio de lidar com um ativo muito complexo: os profissionais da medicina”, explica Antonio Benjamin, CEO do Grupo Meridional.

Segundo Benjamin, o resultado da profissionalização são as melhores práticas de gestão e governança corporativa. “Nesse novo modelo de hospital-empresa, os médicos seguem sendo os atores principais, mas atuam ao lado de série de outros especialistas, como fonoaudiólogos, psicólogos e executivos”, afirma.

Além disso, ressalta o compromisso do hospital com o resultado financeiro positivo: “somente hospitais com as contas organizadas são capazes de manter um alto padrão de funcionamento e realizar investimentos para melhor atender o cliente”.

O Grupo Meridional recebeu em 2018 um aporte do H.I.G Capital, empresa global que atua em investimentos em empresas de médio porte e administra US$ 30 bilhões.

Desde então, o Grupo Meridional expandiu sua rede hospitalar: passou de cinco para sete hospitais– são eles os hospitais Meridional Cariacica, Hospital São Francisco, Meridional Praia da Costa, Hospital São Luiz, Meridional Serra, Maternidade Santa Lúcia e Meridional São Mateus.

Hoje, o Meridional possui 700 leitos, realiza 1 milhão de atendimentos por ano e emprega direta e indiretamente 10 mil pessoas Agora, o Grupo pretende alcançar a marca de 25 hospitais em todo o país e se tornar o terceiro maior do Brasil no setor.

Em entrevista com os médicos do Meridional Dr. Fábio Frank e Dr. Marcus Leitão no Programa Mundo Business do último domingo, conhecemos os investimentos em cirurgia robótica do Grupo Meridional. Segundo o CEO do Grupo, hoje em dia, o uso de robôs é indispensável para a realização de cirurgias mais delicadas com maior precisão e melhores resultados.

O Dr. Benjamin acrescenta que a implementação desse tipo de tecnologia foi possível graças aos investimentos internacionais no Meridional. “Todos os stakeholders são beneficiados com a tecnologia de ponta: o médico o paciente e o grupo hospitalar”.

Últimos dias para inscrever sua startup no Programa de Empreendedorismo Industrial

As inscrições do Programa de Empreendedorismo Industrial 2020 foram prorrogadas e vão até até o dia 09 de outubro. Através desse programa, você, empreendedor, pode enviar uma solução inovadora para os 16 desafios das nossas oito empresas parceiras.

Para esse ano são mais de R$ 5 milhões em recursos para financiar o desenvolvimento de projetos de inovação aberta. São parceiras do programa, as empresas: ArcelorMittal, Fortlev, Unimed, Vale, EDP Brasil, RealCafé, Samarco e Suzano.

O desafios propostos pela Suzano são a aplicação industrial sustentável para o DREGS (resíduo industrial) e a criação de uma bancada inteligente.

A Real Café busca apoio de empresas inovadoras para criaer um ‘Armazém 4.0’ e um sistema de monitoramento das variáveis para otimização de processo com inteligência artifical e internet das coisas.

Já a Arcelor Mittal busca um mecanismo de previsão de de queimas, rasgos e rompimentos de correias transportadoras e uma tecnologia de identificação da qualidade do coque através de imagem.

Clique aqui para submeter sua solução.

Postado Agora

Líder em Hospital Privado

Dr. Antônio Benjamin concorre ao Prêmio Líder Empresarial 2020 na categoria Líder em Hospital Privado. Ele também concorre na categoria Líder do Ano. Para votar nas mais de 41 categorias, basta acessar o link a seguir: https://folhavitoria.com.br/especial/questionario/2020/09/20a-edicao-do-premio-lider-empresarial.html

Postado Agora

Líder em Distribuidora Farmacêutica

O empresário José Freire, da Millenium Distribuidora, concorre ao Prêmio Líder Empresarial 2020 na categoria Líder em Distribuidora Farmacêutica. A Millenium é responsável pela distribuição de medicamentos de indústrias como EMS, Merck, NeoQuímica, Vitamedic e Prevent Pharma.

Postado Agora

Líder em Grandes Grupos

O presidente do Grupo Buaiz, Americo Buaiz Filho, concorre ao Prêmio Líder Empresarial na categoria Líder em Grandes Grupos.

As informações/opiniões aqui escritas são de cunho pessoal e não necessariamente refletem os posicionamentos do Folha Vitória

Pular para a barra de ferramentas