Príncipe saudita reafirma que petróleo não voltará a superar US$ 100 por barril

Economia

Príncipe saudita reafirma que petróleo não voltará a superar US$ 100 por barril

Redação Folha Vitória

Riad - O príncipe e bilionário saudita Alwaleed bin Talal reafirmou nesta sexta-feira que o barril do petróleo nunca mais irá superar a barreira de US$ 100. A declaração foi após a morte do rei Abdullah bin Abdulaziz Al Saud, o que levantou expectativas no mercado da commodity de que a sucessão alteraria a posição dos sauditas na Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

O príncipe Talal diz esperar que os preços permaneçam sob pressão por um tempo, entre US$ 40 e US$ 50, com a oferta superando a demanda. "Eu acho que nunca mais veremos os preços do petróleo novamente em US$ 100 (o barril)", afirmou à CNBC. "O impacto da Opep há anos com certeza não é o mesmo de hoje em dia", disse. Fonte: Dow Jones Newswires.