• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Tarifa de água e esgoto lidera maiores pressões no IPC-S, diz FGV

Economia

Tarifa de água e esgoto lidera maiores pressões no IPC-S, diz FGV

A principal influência de alta no Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) da Fundação Getulio Vargas (FGV) da segunda quadrissemana de janeiro partiu da tarifa de água e esgoto residencial, que avançou 2,52% no período. O IPC-S, por sua vez, acelerou o ritmo de avanço para 0,52%, após subir 0,44% na primeira leitura do mês.

Ainda aparecem na lista de maiores contribuições positivas as variações em Curso de ensino fundamental (de 1,19% para 3,51%), Curso de ensino superior (de 0,97% para 2,29%), Cebola (de 33,09% para 23,47%) e Banana-prata (de 13,56% para 16,32%).

Em contrapartida, na lista dos itens que ajudaram a conter o IPC-S, a gasolina é o primeiro. A taxa negativa saiu de 3,25% na primeira leitura do mês para 2,22% na segunda medição.

Na sequência, aparecem Seguro obrigatório para veículo (de 0,00% para -64,55%), Tarifa de eletricidade residencial (de -0,95% para -0,59%) Tomate (de -2,37% para -4,57%) e Show musical (de -1,47% para -1,72%).