Gasolina do Brasil está entre as 30 mais caras do mundo, aponta levantamento

Economia

Gasolina do Brasil está entre as 30 mais caras do mundo, aponta levantamento

O país caiu 11 posições no ranking, com relação a 2020, estacionando na 71ª vaga

Foto: ANP

O fim do recesso de final de ano e a volta dos carros às ruas do Brasil para o retorno da velha rotina de trabalho é o que sempre marca o start de cada novo ano. Tendo em mente que em 2021 muitas empresas voltaram com suas demandas presenciais, uma plataforma de descontos online reuniu dados sobre o preço da gasolina no Brasil e no Mundo e comparou com os valores do ano passado.

No começo de 2020 um sistema de pesquisas internacionais havia registrado um ranking com as 100 nações que possuíam a gasolina mais cara do mundo. Naquela época, o Brasil alcançava a 60ª posição ao pagar cerca de R$4.45 pelo litro.

Com a atualização dessa lista, apesar do valor do galão de 1L não ter aumentado, a situação não melhorou para nosso país: o Brasil caiu 11 posições no ranking, estacionando na 71ª vaga. Ou seja, o Brasil está, oficialmente, entre os 30 países com a gasolina mais cara do mundo. 

Sabendo que a economia social e pessoal despencou no último ano devido ao desemprego desenfreado causado pelo isolamento social, o dado reafirma que a situação continua desfavorável para o trabalhador brasileiro - considerando o salário mínimo de R$1.045,00, segundo o IBGE.

Assim como em 2020, Hong Kong é a nação que ocupa o topo do ranking, cobrando por volta de R$11,72 pelo litro. A segunda e terceira posições são preenchidas pelos Países Baixos e a Palestina, em que os cidadãos pagam R$10,45 e R$10,03, nessa ordem. O último país da lista é a africana Nigéria, embolsando apenas R$1,95/litro.

Pontos moeda