Empreendedores do ES podem receber até R$ 86 mil para desenvolverem projetos criativos

Economia

Empreendedores do ES podem receber até R$ 86 mil para desenvolverem projetos criativos

Ao todo, serão investidos R$ 4,3 milhões na seleção de 50 projetos de negócios. As inscrições podem ser realizadas até 11 de março

Foto: Divulgação

Você é daquelas pessoas que têm ideias inovadoras? Um programa de inventivo ao empreendedorismo irá oferecer apoio financeiro de até R$ 86 mil para projetos criativos de negócios.

O investimento faz parte da segunda edição do Programa Centelha, realizado pelo Governo do Espírito Santo por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes). A nova edição ´do programa foi lançada nesta quarta-feira (12).

Ao todo, serão investidos R$ 4,3 milhões na seleção de 50 projetos de negócios inovadores, sendo R$ 2 milhões da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), R$ 1,3 milhão em bolsas de Fomento Tecnológico e Extensão, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e mais R$ 1 milhão da Fapes. 

Os interessados em participar têm até o dia 11 de março para se inscreverem no projeto e concorrerem a umas das 50 vagas do edital. 

LEIA TAMBÉM: Saiba o passo a passo para abrir o próprio negócio

Durante a cerimônia, o governador Renato Casagrande destacou que a importância do programa para movimentar a economia.

"A atitude da pessoa de escrever uma ideia  pode se transformar em um bom projeto e depois numa empresa, melhorando assim a vida das pessoas e gerando emprego e renda. Ficamos muito felizes que o Centelha I teve mais de três mil ideias registradas, sendo um recorde nacional. Isso mostra que o ambiente de inovação está presente na população capixaba”, afirmou o governador Casagrande.

O secretário de Estado de Inovação e Desenvolvimento, Tyago Hoffmann, lembrou que, desde 2019, o programa estimula a criação de empreendimentos inovadores pelo país. 

“Nesta edição, 50 novos empreendimentos do Estado serão contemplados e terão à disposição uma série de benefícios, como recursos financeiros para desenvolver seu negócio, além de capacitações e suporte para alavancar o empreendimento. Além disso, acesso a instituições de ciência, tecnologia e inovação e a incubadoras”, disse.

LEIA TAMBÉM: Recorde: mais de 18 mil empresas foram abertas no ES em 2021

O secretário destacou ainda o potencial inovador das empresas capixabas, que registram forte interesse e participação no programa. 

"No Centelha I, o Espírito Santo foi case nacional e registrou 3.556 inscritos, mais que o dobro do que Santa Catarina, que ficou em segundo lugar com 1.500 inscrições", pontuou.

A diretora-presidente da Fapes, Cristina Engel, ressaltou que o programa é um impulso para as pessoas apostarem nas suas ideias. 

"Com o lançamento desse edital, queremos desengavetar e alavancar ideias, e que as pessoas acreditem na inovação como uma forma de desenvolvimento pessoal e também no desenvolvimento do Espírito Santo”, frisou.

Como se inscrever no programa?

Os interessados devem submeter uma proposta até 11 de março de 2022. Na primeira fase do edital, 200 projetos serão selecionados. Desse total, 50 chegarão à terceira e última fase da chamada pública. As submissões podem ser feitas no site www.programacentelha.com.br/es.

Quem pode participar?

Podem participar pessoas físicas ou empresas com faturamento anual bruto de até R$ 4,8 milhões, com até 12 meses da criação, contados a partir do lançamento do edital.

Quais benefícios do programa?

Os empreendedores que participarem do Centelha terão à disposição um conjunto de benefícios, entre eles recursos financeiros, por meio de subvenção econômica, para desenvolverem seu negócio, além de capacitações e suporte para alavancar o empreendimento. 

Eles contarão ainda com acesso a instituições de ciência, tecnologia e inovação e a incubadoras. A iniciativa oferece recursos financeiros de até R$ 86 mil para os 50 projetos contemplados, ao final das três fases.