• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Awazu promete trazer inflação para o centro da meta de 4,5% em dezembro de 2016

Economia

Awazu promete trazer inflação para o centro da meta de 4,5% em dezembro de 2016

Brasília - O novo diretor de Política Econômica do Banco Central, Luiz Awazu Pereira da Silva, assume o cargo com a promessa, já reiterada da instituição, de levar a inflação para o centro da meta de 4,5% no final do ano que vem. Ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, Awazu admitiu que a inflação está elevada e assim deve permanecer no início deste ano. O discurso também é semelhante ao que vem sendo dito pelo presidente da instituição, Alexandre Tombini.

"Especificamente em relação à inflação, que está e deverá se manter elevada no início deste ano, vou trabalhar focado no objetivo de trazê-la para a meta de 4,5% em dezembro de 2016", afirmou ao Broadcast. Na avaliação de Awazu, que já ocupava outras diretorias na instituição, ajustes no curto prazo terão como consequências efeitos positivos para a economia brasileira no médio e longo prazos.

Vale lembrar que a Selic está subindo desde outubro de 2014 e ainda há perspectiva consensual entre os agentes de que a taxa básica seguirá sendo ajustada, pelo menos em março. "Temos desafios macroeconômicos conhecidos no curto prazo que estão sendo enfrentados com rigor e determinação", observou o diretor.

Por fim, Awazu disse se sentir honrado em ocupar a diretoria de Política Econômica. Ele substituirá Carlos Hamilton, que ficou por cinco anos no cargo e foi o mais longevo diretor nesta área do BC.

Dentro da autoridade monetária, a saída de Hamilton é tratada como um episódio planejado e há algum tempo debatido, uma vez que seria a vontade do agora ex-diretor deixar a instituição.