• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Fluxo cambial é positivo em US$ 4,726 bi no ano até 6 de fevereiro

Economia

Fluxo cambial é positivo em US$ 4,726 bi no ano até 6 de fevereiro

Brasília - O ano começou bem para o fluxo cambial brasileiro, mas os primeiros dados de fevereiro mostram que houve uma perda de força mais recentemente. Dados divulgados nesta quarta-feira, 11, pelo Banco Central revelam que no acumulado de 2015 até o dia 6 de fevereiro, o fluxo total está positivo em US$ 4,726 bilhões - no encerramento de janeiro, essa conta já somava US$ 3,903 bilhões. Mesmo assim, o resultado deste ano está melhor do que o de 2014, já que, em igual período do ano passado, o fluxo cambial estava positivo em US$ 1,657 bilhão.

Conforme os dados do BC, as operações financeiras, que foram no ano passado a principal porta de saída de recursos (US$ 13,424 bilhões), registraram uma entrada de US$ 4,116 bilhões no acumulado de um mês e uma semana de 2015. O ingresso de recursos pela área financeira, que reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações, foi de US$ 61,884 bilhões, enquanto os envios somaram US$ 57,768 bilhões.

Já no comércio exterior, o saldo do ano até o dia 6 de fevereiro ficou positivo em US$ 609 milhões, com importações de US$ 18,183 bilhões e exportações de US$ 18,793 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 4,188 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 3,685 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 10,920 bilhões em outras entradas.

Semana passada

Depois do clima de lua-de-mel entre investidores estrangeiros e a nova equipe econômica brasileira em janeiro, o fluxo cambial diminuiu o impulso na primeira semana de fevereiro. Dados do BC revelaram que o volume de recursos que entraram no Brasil dos dias 2 a 6 de fevereiro foi US$ 823 milhões maior do que o que saiu.

No encerramento de janeiro, o saldo havia ficado positivo em US$ 3,903 bilhões, em meio a um clima de confiança na nova equipe econômica e com o atual ciclo de aperto monetário, tendo como cenário externo o aumento da liquidez internacional.

As operações financeiras, que lideraram as entradas nos primeiros dias de 2015, registram na semana passada uma saída líquida, já descontado total de ingressos, de apenas US$ 1 milhão. Chegaram ao País por esse canal US$ 10,425 bilhões, enquanto US$ 10,427 bilhões deixaram o território nacional. A área financeira reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

Já no comércio exterior, o saldo ficou positivo em US$ 824 milhões na semana em questão, com importações de US$ 2,580 bilhões e exportações de US$ 3,404 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 558 milhões em ACC, US$ 626 milhões em PA e US$ 2,220 bilhões em outras entradas.