Anúncio da data de abertura das propostas por rodovias será no dia 24, diz Artesp

Economia

Anúncio da data de abertura das propostas por rodovias será no dia 24, diz Artesp

Redação Folha Vitória

São Paulo - O diretor-geral da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), Giovanni Pengue Filho, afirmou nesta quarta-feira, 22, que a data de abertura das propostas pelo lote das Rodovias do Centro-Oeste Paulista (Florínea-Igarapava) só será conhecida na sexta-feira, 24.

"Dia 24 está marcada a avaliação do envelope A, que é a parte do credenciamento", disse o executivo, durante conversa com jornalistas, destacando que o anúncio está vinculado à renúncia dos participantes ao direito de recursos jurídicos.

A Artesp realizou, no período da manhã, a sessão de abertura dos envelopes com as garantias de proposta dos interessados pelo trecho. Dois grupos entregaram propostas válidas para a disputa: a EcoRodovias e o Pátria Infraestrutura - Fundo de Investimentos em Participações.

Bem-sucedido

Pengue Filho afirmou que a procura pelo lote das Rodovias do Centro-Oeste Paulista (Florínea-Igarapava), com apenas dois grupos fazendo propostas, atendeu às expectativas, destacando o perfil das empresas que participarão da disputa. "Estamos em um momento totalmente diferente de restrição da economia, de uma série de questões do mercado e do País", disse o executivo, em conversa com jornalistas. "Temos duas empresas com real capacidade de garantir os investimentos que o Estado precisa."

O diretor ainda comentou que alguns grupos só conseguiram fechar os últimos financiamentos muito em cima do prazo por causa de questões relacionadas ao BNDES quanto às garantias compartilhadas, o que inviabilizou a participação na disputa pelo trecho.

"Então, no próximo, achamos que conseguimos chegar numa quantidade maior", disse o diretor da Artesp, referindo-se à disputa pelo lote da Rodovia dos Calçados, cuja entrega de garantias de proposta está marcada para o dia 25 de abril.

Quanto à participação do Pátria, Pengue afirmou que a participação de uma empresa que não é operadora de infraestrutura era prevista no edital. "O processo permite (a contratação de um operador), inclusive, via subcontratação qualificada".

O lote Florínea-Igarapava possui cerca de 570 quilômetros de rodovias, englobando, além da SP-333, trechos da SP-266, SP-294, SP-322, SP-328, SP-330 e SP-351. A disputa se dará pela maior oferta de outorga, sendo o valor mínimo R$ 397,2 milhões relativo à primeira parcela da outorga - a outorga mínima total é de R$ 795 milhões.

A concessão prevê investimentos de R$ 3,9 bilhões ao longo de 30 anos, sendo previstas oito praças de pedágio ao longo da extensão do lote - quatro novas e outras quatro já existentes.