• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Arrecadação de receitas administradas tem alta real de 1,56% em fevereiro

  • COMPARTILHE
Economia

Arrecadação de receitas administradas tem alta real de 1,56% em fevereiro

Brasília - A arrecadação das receitas administradas pela Receita Federal tem alta real de 1,56% em fevereiro ante mesmo mês do ano passado, segundo dados divulgados nesta terça-feira, 24, pela Receita Federal. No mês passado, essa arrecadação somou R$ 88,698 bilhões.

O recolhimento de IRPJ e de CSLL ficou em R$ 14,619 bilhões no mês passado, o que representou uma alta de 33,01% no IRPJ e de 26,26% no CSLL em relação a fevereiro de 2014. Segundo a Receita, esse resultado se deve a pagamentos extraordinários, dos dois impostos, da ordem de R$ 3,5 bilhões decorrentes da transferência de ativos entre empresas.

O recolhimento de Cofins somou R$ 15,921 bilhões, queda de 2,24% frente a igual mês do ano passado. Com o PIS/Pasep, a arrecadação foi de R$ 4,379 bilhões, número 3,52% menor quando comparado a fevereiro de 2014. Esse resultado se deu a despeito da arrecadação extraordinária de R$ 1,1 bilhão em decorrência de transferência de ativos entre empresas. A receita explicou ainda que a queda foi puxada pelo decréscimo real de 4,92% do volume de vendas de janeiro de 2015 frente igual mês de 2014. A redução do volume de importações também afetou o resultado.

O recolhimento de IOF subiu 7,01% e somou R$ 2,852 bilhões. Em fevereiro, entrou em vigor a alíquota maior do tributo sobre operações de crédito, que passou de 1,5% para 3%. O IPI total caiu 36,44% em fevereiro frente o mês anterior e somou R$ 3,487 bilhões.