Atividade econômica cresce 0,4% em janeiro, indica a Serasa Experian

Economia

Atividade econômica cresce 0,4% em janeiro, indica a Serasa Experian

Redação Folha Vitória

São Paulo - A economia brasileira registrou alta de 0,4% em janeiro na comparação a dezembro, já considerados os efeitos sazonais, segundo o Indicador Serasa Experian de Atividade Econômica, divulgado nesta segunda-feira, 16. Após três meses de queda, esta foi a primeira alta do PIB Mensal, como é conhecido. "A alta mensal em janeiro/15 foi pontual e não reverte o quadro de estagnação que vem caracterizando o ambiente conjuntural da economia brasileira desde o ano passado o qual, diante das pressões oriundas das atuais políticas monetária e fiscal restritivas, não deve ser alterado no curto prazo", dizem os economistas da instituição, em nota. Na base de comparação interanual, o desempenho ainda ficou no campo negativo, com queda de 0,3% ante janeiro de 2014.

No comparativo mensal, pela ótica da oferta, a indústria foi o destaque em janeiro, com alta de 1,9%, seguida pela agropecuária, com elevação de 1,5%, e pelo setor de serviços, com avanço de 0,3%, todos com ajuste sazonal. Em relação a janeiro de 2014, no entanto, a indústria apresentou o pior desempenho: queda de 3,7%. Atenuaram o resultado as altas de 0,9% no setor agropecuário e de 1,0% no de serviços.

Já do lado da demanda, na passagem de dezembro para janeiro, houve acréscimo em todos os componentes: Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF, de 5,8%), exportações (5,2%), consumo do governo (1,1%) e consumo das famílias (0,1%). As importações, que entram no cálculo do PIB com sinal negativo, registraram alta de 1,9% na comparação mensal. Já na comparação interanual, apenas o consumo do governo apresentou elevação, de 1,8%. Os investimentos (FBCF) caíram 11,1%, as exportações tiveram declínio de 1,8% e o consumo das famílias recuou 0,5%. Já as importações caíram 10,2% na base interanual.