• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

China diz que sede do Banco Asiático de Investimento será em Pequim

Economia

China diz que sede do Banco Asiático de Investimento será em Pequim

Pequim - O banco de desenvolvimento de infraestrutura proposto pela China terá sede em Pequim, afirmou Shi Yaobin, vice-ministro de Finanças chinês, em um comunicado. Segundo Shi, os membros do Banco Asiático de Investimento em Infraestrutura chegaram a um acordo inicial sobre o local do principal escritório da instituição.

A necessidade de outros escritórios vai depender da evolução das operações do banco, afirmou Shi. O presidente da Indonésia, Joko Widodo, havia comentado que gostaria que a sede do banco fosse em seu país.

O novo banco terá foco no desenvolvimento de infraestrutura em países asiáticos. A China vem tentando aumentar esses investimentos nos mercados emergentes, especialmente na Ásia, para ajudar a expandir o comércio.

Shi não quis comentar se Pequim deu poder de veto sobre as decisões do banco em troca de apoio de potenciais membros europeus e disse apenas que a China nunca buscou poder de veto no banco. Segundo o vice-ministro, a estrutura acionista do banco ainda está em negociação, mas haverá diferentes arranjos para membros asiáticos e não asiáticos.

A China tem afirmado que o banco terá 35 membros até o fim deste mês e Shi disse que o número final de países fundadores da instituição não será anunciado antes de abril. O vice-ministro saudou a decisão da Austrália e da Coreia do Sul de se juntarem ao banco e contou que EUA e Japão estão negociando uma possível participação.

Inicialmente os EUA haviam se oposto ao plano por causa de desconfiança sobre a necessidade de mais uma instituição de desenvolvimento, mas recentemente vem mudando de postura diante do número de países aliados que apoiaram a ideia - como Reino Unido, Alemanha, França e Itália.

Shi afirmou que o banco será criado até o fim deste ano. De acordo com informações do Wall Street Journal, o banco está perto de atingir a meta de US$ 100 bilhões em capital registrado. Fonte: Dow Jones Newswires.