Gastos com educação lideram alta dentro do IPCA de fevereiro

Economia

Gastos com educação lideram alta dentro do IPCA de fevereiro

Redação Folha Vitória

Rio - As despesas com educação cresceram 5,88% em fevereiro, maior variação de grupo no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do mês, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado reflete os reajustes feitos no início do ano letivo.

O grupo contribuiu com 0,27 ponto porcentual para a inflação de 1,22% no mês, atrás apenas de Transportes (0,41 ponto porcentual). O destaque foram os cursos regulares, que subiram 7,24%. Foi o segundo ano consecutivo com aumento acima de 7%, uma vez que o item costuma concentrar a alta do ano inteiro especificamente no mês de fevereiro. As variações ficaram entre 5,11% em Porto Alegre e 9,78% no Rio de Janeiro. Apenas Fortaleza não apresentou aumento, em virtude da diferença da data de reajuste nas mensalidades.

"As escolas reajustam (a mensalidade) no ano seguinte com base na inflação do ano anterior. Tanto em fevereiro de 2014 quanto em fevereiro de 2015, o aumento passou dos 7%", ressaltou Eulina Nunes dos Santos, coordenadora de Índices de Preços do IBGE. Já as mensalidades dos cursos diversos - que incluem idioma, informática, etc. - aumentaram 7,14%.