Procon/Dieese: Preço da cesta básica em SP recua em média 1,01% na semana

Economia

Procon/Dieese: Preço da cesta básica em SP recua em média 1,01% na semana

Redação Folha Vitória

São Paulo - O preço médio pago nesta quinta-feira pelo conjunto de 31 produtos que compõem a cesta básica do paulistano estava em R$ 424,81. O valor é 1,01% menor que o desembolso de R$ 429,16 que o consumidor da capital paulista fazia no dia 13 para levar para a casa a mesma quantidade de produtos. É o que mostra tomada de preços feita pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), sob encomenda da Fundação Procon-SP.

Dos três grandes grupos que compõem a cesta de produtos essenciais do paulistano, só o de Higiene Pessoal subiu. A alta foi de 1,38%. O da Alimentação recuou 1,12% e o grupo dos produtos de limpeza ficou, em média, 2,17% mais barato. Dos 31 produtos pesquisados, 8 apresentaram alta de preço na variação semanal, 18 apresentaram queda e 5 permaneceram estáveis.

Os preços dos produtos que mais subiram foram alho (7,24%), papel higiênico fino branco com quatro unidades (4,26%), biscoito de maisena pacote de 200 gramas (3,38%), margarina no pote de 250 gramas (2,31%) e cebola (2,26%). Na mão contrária, as maiores reduções de preços foram anotadas no sabão em pó (3,33%), dúzia de ovos brancos (2,98%), quilo da carne de primeira (2,52%), pacote com 10 unidades de absorventes aderentes (2,51%) e quilo de farinha de trigo (2,47%).