Latam diz que despacho de primeira bagagem segue gratuito nos próximos meses

Economia

Latam diz que despacho de primeira bagagem segue gratuito nos próximos meses

Redação Folha Vitória

São Paulo - A Latam Brasil informa que o despacho da primeira bagagem de 23 quilos em voos domésticos continuará gratuito durante os próximos meses e que, num primeiro momento, apenas o excesso de peso será cobrado nesta mala.

A empresa ressalta, no entanto, que a cobrança da primeira mala despachada em voos domésticos começará ainda neste ano, numa data a ser definida. Na ocasião, o despacho da primeira bagagem custará R$ 50.

O posicionamento da empresa diz respeito à nova regulamentação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) relativa aos direitos e deveres dos consumidores de serviços aéreos, que começará a vigorar em 14 de março.

As novas regras acabam com o transporte gratuito de malas com até 23 quilos em voos domésticos ou de duas malas com até 32 quilos em voos internacionais. Passa a existir uma tarifa de bagagem cujo preço será estabelecido pelas empresas.

Quanto ao despacho da segunda mala de até 23 quilos em voos domésticos, a Latam informa que a cobrança terá início já em 14 de março, a um custo de R$ 80. No futuro, quando o despacho da primeira bagagem também for implantado, o valor da segunda mala será revisto.

"A Latam e suas filiais projetam reduzir em até 20% as tarifas mais baratas disponíveis para seus voos domésticos até 2020, consolidando sua importância para o desenvolvimento do turismo na região e contribuindo para o crescimento do tráfego aéreo", diz, em nota, a presidente da Latam Brasil, Claudia Sender. "Nossa meta é aumentar em 50% nossos passageiros transportados até 2020".

A Latam também informa que, a partir de 14 de março, será cobrada uma taxa de R$ 120 para as bagagens despachadas em voos domésticos cujo peso fique entre 24 e 33 quilos - caso o peso excessivo fique na faixa entre 34 e 45 quilos, a tarifa será de R$ 200. A empresa ainda comunica que cobrará uma taxa de R$ 200 para despachar bagagens com dimensões maiores que as permitidas em voos domésticos.

Voos internacionais

Nas rotas para a América do Sul, a partir de 14 de março, a Latam diz que o despacho da primeira mala de 23 quilos será gratuito, sendo cobrada uma tarifa de US$ 90 para a segunda bagagem. Nos casos de excesso de peso, a tarifa será de US$ 90 entre 24 e 33 quilos e de US$ 180 entre 34 e 45 quilos. Em caso de tamanho excedente, a taxa cobrada será de US$ 90.

Já para os demais voos internacionais a partir de 14 de março, a Latam não irá cobrar pelo despacho das duas malas de 23 quilos. No entanto, as taxas por excesso de bagagem serão de US$ 100 para a faixa entre 24 e 33 quilos, e de US$ 200 para a faixa entre 34 e 45 quilos. Caso a mala despachada tenha dimensões superiores às permitidas, a tarifa será de US$ 200.