Opep diz que não espera grande aumento na produção de petróleo dos EUA

Economia

Opep diz que não espera grande aumento na produção de petróleo dos EUA

Redação Folha Vitória

Houston - O secretário-geral da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), Mohammad Barkindo, reiterou nesta terça-feira um argumento comum no setor, segundo o qual a Opep, os produtores de xisto e outros estão no mesmo barco e não irão produzir demais a ponto de levar os preços da commodity a uma forte queda.

Questionado pelo Wall Street Journal se a Opep se frustraria caso nos próximos meses a produção de petróleo dos EUA tivesse forte aumento, Barkindo disse que "essa [possibilidade] não está no horizonte".

"A exuberância irracional não deve ser uma característica mais adiante porque todos nós aprendemos nossas lições", afirmou a autoridade.

A Opep lidera um esforço atualmente, que também inclui alguns países de fora do grupo, como a Rússia, mas não os EUA, para reduzir a oferta e impulsionar os preços do barril. A produção dos EUA, porém, registra tendência de alta, o que poderia contrabalançar esse movimento. Fonte: Dow Jones Newswires.