Atividade industrial gaúcha tem 4ª queda seguida em fevereiro

Economia

Atividade industrial gaúcha tem 4ª queda seguida em fevereiro

Redação Folha Vitória

Porto Alegre - A atividade industrial gaúcha recuou 1,1% em fevereiro, com ajuste sazonal, de acordo com o Índice de Desempenho Industrial (IDI-RS), divulgado nesta quarta-feira, 01, pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs). Foi a quarta queda mensal seguida e colocou o setor no mesmo nível de operação de maio de 2009.

"Essa retração contou com dois contratempos adicionais: o menor número de dias úteis devido ao carnaval e a greve dos caminhoneiros. Além disso, o ciclo recessivo é agravado pelo desaquecimento da demanda, a inflação elevada, o acúmulo de estoques e o aumento dos juros e dos custos", avaliou o presidente da entidade, Heitor José Müller.

Com exceção da massa salarial, que ficou estagnada, todas as categorias que compõem o índice tiveram retração na margem: as compras industriais apresentaram baixa de 6,4%, as horas trabalhadas na produção caíram 2,6% e o faturamento real encolheu 1,8%.

Na comparação de fevereiro com o mesmo mês do ano anterior, a queda da atividade industrial gaúcha foi de 12,3%. No acumulado dos dois primeiros meses de 2015, a perda ficou em 10,9%.