Atraso da Eletrobras em pagamentos prejudicou resultado da Petrobras, diz Bendini

Economia

Atraso da Eletrobras em pagamentos prejudicou resultado da Petrobras, diz Bendini

Redação Folha Vitória

Brasília - O presidente da Petrobras, Aldemir Bendine, admitiu que atrasos de pagamentos da Eletrobras tiveram impacto no resultado da petroleira, que divulgou prejuízo de R$ 27,587 bilhões em 2014. Segundo Bendine, porém, há expectativa de que os recursos devidos pela Eletrobras sejam recuperados neste ano.

Os valores em atraso pela Eletrobras se referem ao fornecimento de óleo pela Petrobras para termoelétricas da região Norte. "De fato, tivemos impacto no resultado da companhia por provisão no setor de energia. Mas não é perda, é provisionamento, passível de recuperação", afirmou, em audiência nas comissões de Assuntos Econômicos e Infraestrutura do Senado.

Segundo o presidente, parte dos contratos com a Eletrobras não tinha garantia, mas esses contratos foram modificados posteriormente para equacionar a dívida. "O valor é reversível e pode voltar este ano ao nosso balanço", completou.

De acordo com o diretor financeiro da estatal, Ivan Monteiro, o fluxo de pagamentos previstos ao setor elétrico por causa do aumento na conta de luz neste ano ajudará a recuperar os créditos da o Petrobras junto à Eletrobras.