ANTT autoriza EcoRodovias a iniciar cobrança de pedágio na Ponte Rio-Niterói

Economia

ANTT autoriza EcoRodovias a iniciar cobrança de pedágio na Ponte Rio-Niterói

Redação Folha Vitória

Brasília - A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) autorizou o início da cobrança de pedágio na Ponte Rio-Niterói, explorada pela concessionária Ecoponte, do Grupo EcoRodovias Infraestrutura e Logística. A decisão está publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 27. Segundo o texto, a Tarifa Básica de Pedágio no local será de R$ 3,70 e começará a valer a partir de zero hora do dia 1º de junho.

No leilão realizado em 18 de março, a EcoRodovias ofereceu uma tarifa de R$ 3,28442, com deságio de 36,67% em relação à tarifa teto de R$ 5,18620 do edital. Com a atualização do valor pela variação do Índice Nacional de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA), o pedágio cairá de R$ 5,20 para R$ 3,70.

O trecho concedido, com 13,2 quilômetros de extensão, fica na BR-101 entre o acesso à ponte, em Niterói, e o entroncamento com a RJ-071, a Linha Vermelha. O contrato de concessão terá duração de 30 anos e exigirá investimentos da ordem de R$ 3,3 bilhões, dos quais R$ 2 bilhões em operação e R$ 1,3 bilhão em obras.