Gastos fiscais da China saltam 33,2% em abril

Economia

Gastos fiscais da China saltam 33,2% em abril

Redação Folha Vitória

Pequim - Os gastos fiscais da China saltaram 33,2% em abril ante igual mês do ano passado, após avançarem em ritmo bem mais lento em março, de 4,4%, numa nova indicação de que Pequim está ampliando os esforços para impulsionar o crescimento econômico.

Entre janeiro e abril, as despesas com transporte aumentaram 57,8% na comparação anual, enquanto os gastos em esforços para economizar energia e reduzir a poluição subiram 30,5%, segundo comunicado divulgado no site do Ministério de Finanças do país.

Já a receita fiscal cresceu 8,2% no confronto anual de abril, após subir 5,8% em março, informou o ministério.

Para 2015, o governo tem como meta ampliar os gastos em 10,6% e a receita, em 7,3%.

No primeiro trimestre, o Produto Interno Bruto (PIB) chinês teve expansão anual de 7%, o menor ritmo em seis anos. A maioria dos indicadores de abril sugere que o crescimento fraco se estendeu para o segundo trimestre. Fonte: Dow Jones Newswires.