Produtor rural perde R$ 3 milhões com estragos causados por ventania e granizo no interior do ES

Economia

Produtor rural perde R$ 3 milhões com estragos causados por ventania e granizo no interior do ES

A Fazenda Ouro-Verde e Agropecuária 3A registrou diversos danos e prejuízos após a ventania e a chuva de granizo

Redação Folha Vitória

Redação Folha Vitória
Foto: Leitor | Whatsapp Folha Vitória

Um produtor rural perdeu cerca de R$ 3 milhões na safra de café e banana, deste ano, devido à forte ventania e a chuva de granizo que atingiram cidades do interior do Espírito Santo, na última semana. A Fazenda Ouro-Verde e Agropecuária 3A registrou prejuízos, após a noite da última terça-feira (17).

A área total corresponde a 66 hectares e fica localizada em Mucurici, no Norte capixaba, onde houve um prejuízo em 50% da lavoura de café e 100% na plantação de bananas. O proprietário Altierre Miossi contou as perdas causadas pela chuva.

"Minha produção de banana foi 100% de prejuízo, em 40 mil plantas, e a produção de café 50% para o que estava previsto para o próximo ano", lamentou.

Ele fez a pulverização do café para tentar a recuperação para brotação, mas para a próxima safra não irá conseguir. "Foi destruído as gemas da próxima formação que ia ter em setembro, no máximo, mas a gente não consegue recuperar até lá. Só pra manter a planta viva", explicou.

Quanto a plantação de banana, o produtor disse que deve esperar a hidratação da fruta. "Se brotar, né... por causa do gelo. Tem que esperar de 15 a 20 dias pra ver se a planta vai sobreviver", disse. 

"Aparentemente ela está viva, está bem, mas infelizmente esse cacho que a gente teria de colheita, não tem mais", complementou.

Outros produtores também registraram estragos em lavouras. Os danos foram causados na noite de quarta-feira (18). Dentre as áreas afetadas estão Marilândia, Colatina, Águia Branca e São Gabriel da Palha.

Em Rio Bananal também houve desfolha no cafezal, resultado de um vento frio acentuado durante a madrugada. Em outros, teve até registro de granizo.

As imagens mostram os danos que a ventania causou em uma lavoura da região de Humaita, em Linhares. Fernanda Marin é produtora rural em São Mateus e secretária executiva da Associação Agricultura Forte. 

Ela conversou com o Folha Vitória e contou que os municípios enfrentaram muita ventania e frio, que destruíram várias lavouras. 

A produtora informou que os grãos maduros que caíram no chão, uma parte pode ser aproveitada, mas não totalmente. Assim como a perda das folhas nos pés de café, o que trouxe um prejuízo enorme para a safra deste ano.

Houve perda total na lavoura de banana, mas Fernanda ainda tem esperança na retomada dos profissionais. "Estamos vendo com instituições financeiras e parlamentares uma forma de ajudar os produtores a se recuperarem", disse.

VEJA TAMBÉM: Agro Business mostra as criações de búfalo no Espírito Santo. Reveja o programa

*Texto de Ana Paula Brito, estagiária do Folha Vitória, com supervisão do editor-executivo Ramon Ribeiro

Pontos moeda