Aumento da taxa de desemprego indica cenário recessivo, diz oposição

Economia

Aumento da taxa de desemprego indica cenário recessivo, diz oposição

Redação Folha Vitória

Brasília - Líderes de oposição no Congresso concluíram que o aumento da taxa de desemprego reflete um cenário de recessão no País. Hoje, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o desemprego subiu para 8% no trimestre até abril deste ano em relação a igual período de 2014, o maior nível já observado na série histórica da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, iniciada em janeiro de 2012.

O líder do DEM na Câmara dos Deputados, Mendonça Filho (PE), disse por meio de nota que o emprego era o "último bastião" do governo Dilma Rousseff. "A política econômica foi conduzida de forma errada e irresponsável no governo Dilma/PT, e agora a população paga por esses erros", afirmou.

Ronaldo Caiado (GO), líder do DEM no Senado, cita os efeitos da crise econômica na vida da população economicamente ativa. "O governo conseguiu criar em um ano 985 mil desempregados a mais em um cenário de recessão, aumento da taxa de juros, desconfiança do mercado, falta de investimentos na indústria, inflação em alta e suspensão de direitos trabalhistas", comentou Caiado em nota divulgada nesta manhã.