É um momento difícil, mas bancos são parte da solução, diz presidente da Febraban

Economia

É um momento difícil, mas bancos são parte da solução, diz presidente da Febraban

Redação Folha Vitória

São Paulo - O Brasil passa por um momento difícil e os bancos são parte da solução e não do problema como ocorreu em outros países, na opinião do presidente da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Murilo Portugal. "O Brasil já atravessou outros momentos difíceis e avançou muito. Sou otimista. O setor bancário tem papel protagonista e vai continuar", afirmou ele, em discurso de abertura do CIAB, evento de tecnologia bancária, que completa 25 anos com a edição de 2015.

Portugal destacou ainda que o segmento bancário é bastante resistente a choques em meio à sua solidez. Lembrou ainda que os bancos estão disponíveis a milhões de pessoas e que a tecnologia imprimiu agilidade, segurança e contribuiu para ampliar a bancarização no Brasil. "Não teríamos a expansão que tivemos não fosse a tecnologia", destacou o presidente da Febraban, acrescentando, contudo, que os bancos ainda têm desafios grandes.

Como exemplo, Portugal citou números do setor que já contempla mais de 108 milhões de contas, conforme dados de dezembro último. Em transações, segundo ele, foram 47 bilhões no final do ano passado, sendo metade deste volume já feito por canais digitais.