Em Bruxelas, Dilma e Cameron gravam declaração acerca de assuntos bilaterais

Economia

Em Bruxelas, Dilma e Cameron gravam declaração acerca de assuntos bilaterais

Redação Folha Vitória

Paris - A presidente Dilma Rousseff encontrou-se nesta quarta-feira, 10, com o primeiro-ministro da Grã-Bretanha, David Cameron, às margens da reunião de cúpula da União Europeia-Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), que se encerra nesta quinta-feira, 11, em Bruxelas. No encontro cada um dos líderes gravou para as emissoras de TV uma declaração na qual abordou os assuntos bilaterais.

Dilma começou por desejar o reforço dos vínculos bilaterais e defendendo um acordo de livre comércio entre Mercosul e União Europeia. A presidente também mencionou o programa Ciência Sem Fronteiras e argumentou em favor de um intercâmbio mais intenso. "Nossa cooperação na área de ciência, tecnologia e inovação é estratégica e acredito que o incremento do comércio e dos investimentos é fundamental para que de fato tenhamos um crescimento econômico sustentável nos próximos anos", argumentou, completando: "E isso começa agora".

Em sua intervenção, de cerca de um minuto, David Cameron se disse muito satisfeito de trabalhar com o governo brasileiro, ressaltou as relações econômicas e reforçou o apoio britânico às negociações por um acordo de livre comércio entre o Mercosul e a União Europeia.