Focus vê alta nos preços administrados em 2015, mas de menor intensidade agora

Economia

Focus vê alta nos preços administrados em 2015, mas de menor intensidade agora

Redação Folha Vitória

Brasília - Mais uma rodada de alta das previsões do mercado financeiro para a alta dos preços administrados em 2015, mas, desta vez, com menor intensidade. A mediana das estimativas para esse conjunto de preços passou de 13,90% para 13,94% no Relatório de Mercado Focus, divulgado nesta segunda-feira, 8, pelo Banco Central. Há um mês, a mediana para esse conjunto de itens estava em 13,20%. Para 2016, a expectativa no boletim Focus apresentada hoje trouxe manutenção, em 5,80%. Há quatro semanas também estava em 5,71%.

Segundo a mais recente ata do Comitê de Política Monetária (Copom), a alta dos preços administrados em 2015 será de 11,8%, e não mais de 10,7% como no documento anterior. Uma edição atualizada será apresentada na próxima quinta-feira. No caso de 2016, a previsão de elevação de 5,2% desse conjunto de preços foi substituída pelo BC por uma expansão de 5,3%. Essa previsão para os administrados deste ano leva em conta uma alta de 38,3% na tarifa de energia elétrica, mesma expectativa do ata anterior. No caso de telefonia fixa a previsão da diretoria do BC é de uma queda de 4,1% em 2015, mesmo valor considerado no Copom anterior.

Para formar seu cenário para os preços administrados, o BC informou também que levou em conta a hipótese de elevação de 9,8% no preço da gasolina (ante 8% de março) e de alta de 1,9% no preço do botijão de gás (3,2% era a estimativa anterior).